sábado, 26 de setembro de 2015

Deputado faz forte discurso, acusa a partidarização do STF

Deputado faz forte discurso, acusa a partidarização do STF e chama Toffoli de 'desqualificado'


Um dos discursos mais veementes sobre a decisão do STF de desmembrar os processos oriundos da Operação Lava Jato foi do deputado gaúcho Onyx Lorenzoni.
Lorenzoni afirmou que o governo do PT foi ao limite extremo ao colocar como ministro do STF alguém ‘desqualificado’ como Dias Toffoli.
O deputado afirmou ainda que o único atributo pessoal na biografia de Toffoli era o fato de um dia ter sido advogado do PT.
Assim, na avaliação de Lorenzoni, é extremamente suspeita a condição do ministro Toffoli, que irá atuar na presidência dos inquéritos que irão avaliar justamente a situação do casal de petistas Paulo Bernardo e Gleysi Hoffmann, retirando essa atribuição do juiz Sergio Moro.
Em sua página no Facebook, Lorenzoni foi ainda mais longe e, no que diz respeito à partidarização do STF, publicou o quadro demonstrativo abaixo:

Nenhum comentário:

Postar um comentário