sábado, 22 de fevereiro de 2014

Não podemos deixar que o Brasil seja o próximo. Venezuela hoje sofre o ataque de estrangeiros que invadiram seu território, Maduro não mede esforços e não tem sentimento humano.
Agradecemos aos militares que em 1964 saíram da caserna e salvaram esse país de uma ditadura vermelha. Crescemos e podíamos andar nas ruas em segurança. Ficávamos até tarde na rua e não éramos assaltados e as portas podiam ficar abertas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário