domingo, 17 de julho de 2011

Manifestação por melhores salários

http://www.youtube.com/watch?v=MnwiAr-c7zM&feature=related

http://www.youtube.com/watch?v=zgmf0Jsm0WM


Militares discriminados




5º Jogos Mundiais Militares



O Governo e os Parlamentares são os principais responsáveis pela discriminação que vive os militares. Permitem que ativos, inativos e pensionistas da PM-DF ganhem quase “duas vezes mais” do que os integrantes das Forças Armadas, sendo que o dinheiro vem da mesma fonte pagadora: a União. É difícil ser aguerrido, sabendo-se que a família passa privações, ainda mais quando ciente que há castas privilegiadas!

Um oficial fuzileiro da Marinha, um oficial piloto da FAB ou um oficial engenheiro do Exército, formado no IME, ganha “muito menos” do que um Agente de Polícia Federal, cujo salário é de R$ 7.514,00 “inicial”. Um Suboficial das Forças Armadas das diversas funções, com 30 anos de serviço ganha menos do que um Policial Rodoviário Federal, cujo salário é de R$ 5.620,00 em “início de carreira”.





Um sargento com 20 anos de serviço (fuzileiro, infantaria, controlador de vôo, mantenedor dos radares que controlam o espaço aéreo brasileiro ou especialista de diversas áreas dos quadros das FFAA) recebe “muito menos” do que um soldado da PM-DF, cujo salário é de R$ 4.000,00 em “início de carreira”.

Para piorar, à MP 2215-01 (Lei de Remuneração dos Militares)que USURPOU direitos dos militares, está mofando no Congresso há mais de uma década aguardando votação,condenando os militares ativos, reservas e pensionistas a viverem na penúria com uma remuneração medíocre em relação às demais carreiras do Estado.



Muitos estão abandonando a carreira para não passarem o constrangimento de, na ativa, virarem camelôs!



A Presidente Dilma que é a Comandante-em-chefe das Forças Armadas precisa, sim, equiparar a remuneração dos militares com a remuneração da PM-DF (Art. 24 do Dec. Lei Nº 667/69) e revogar à MP 2215-01 (LRM), com o objetivo de restabelecer de imediato os direitos nas remunerações,usurpados pela famigerada MP; e a confecção de uma regra perene, justa, para recompor os vencimentos dos militares, com a finalidade de dar um tratamento de “igualdade” com as demais carreiras do funcionalismo.

A Soberania do Brasil está ameaçada pelas ONGs que o Governo mantém com dinheiro público, enquanto nossos militares sofrem duras represálias e revanchismo dos governos eleitos no Brasil.





Deus abençoe nossa Nação!



Brasil acima de tudo!!!



UNEMFA Rio







Adelinha Aguiar







Selva!!!



:::::::::::::::::::::::::::::::::::





Military discrimination





5 th Military World Games





The Government and Parliamentarians are primarily responsible for the discrimination experienced by the Brazilian military. Allow that actives, inactives and retired from the PM-DF earn "twice more" than members of the Armed Forces, if the money comes from the same payer, the Union.





It's hard to be combative, knowing that our families are destitute, even when aware that there are privileged castes!

A Marine Corps official, an official pilot of the FAB engineer or an officer of the Army, formed in the EMI ( Military Institute of Engineering) - gets "much less" than a federal police agent, whose salary is R $ 7.514.00 "original". A Petty Officer of the Armed Forces in various functions, with 30 years of service earn less than a Federal Highway Police, whose salary is R $ 5,620.00 in "early stage".

A sergeant with 20 years of service (Marines, infantry, air traffic controller, maintainer of the radars that control the Brazilian airspace or specialist staff in various areas of the Armed Forces) received "much less" than a soldier of the PM-DF, which Salary is $ 4,000.00 in "early stage".

To make matters worse, the MP 2215-01 (of the Military Compensation Act) who usurped rights of the military, is languishing in Congress for over a decade awaiting vote, condemning the active military, reserves and pensioners living in poverty with a mediocre salary compared to other careers in the state.



Many are abandoning careers to the embarrassment of not passing, active, turning street vendors!



The President Dilma which is the Commander in Chief of the military need, rather, to equate the military pay with pay of PM-DF (Article 24 of Decree Law No. 667/69) and to revoke MP 2215-01 (LRM), in order to immediately restore the rights on pay, usurped by the notorious MP, and the making of an enduring rule, just to recover the salaries of the military in order to give a treatment of "equality" with the other career civil servants.

The Sovereignty of Brazil is threatened by the NGOs that the government keeping with public money, while our military face harsh reprisals and revenge of elected governments in Brazil.



God bless our Nation!





Brazil above all!





UNEMFA Rio

Adelinha Aguiar





Jungle!



--

дdєℓiиhα

+55 21 8447 9097

Nenhum comentário:

Postar um comentário