sábado, 2 de julho de 2011

Jobim provoca sua saída para disputar o Planalto

Os elogios de Nelson Jobim a FHC e as farpas que disparou contra Dilma e Lula foram interpretados por dirigentes do PMDB, seu partido, como provocações para viabilizar um projeto político que o ministro da Defesa acalenta: sair do governo como alternativa para disputar o Planalto, em 2014, com apoio até da oposição. Apesar da insinuação de Jobim de ter sido maltratado por ela, Dilma foi aconselhada a ignorá-lo, e não encher a bola do peemedebista com alma de tucano.


Ingratidão


Dilma não comentou publicamente o agradecimento do subalterno a FHC, por haver chegado aonde chegou, sem citá-la e nem a Lula.

Ansiolítico


A presidenta recebeu Jobim pequenininho e cabisbaixo, ontem, quando ele ouviu o que não queria. Ela detesta lavar roupa suja em público.

Depois, amarelou


Talentoso nas insinuações, Jobim não teve coragem de dar nomes aos “idiotas”: disse que se referiu “a jornalistas que fazem intrigas".

Barraco caseiro


No Planalto, auxiliares petistas de Dilma acham que Nelson Jobim se referiu aos próprios assessores, quando se disse cercado de idiotas.
Pensando bem...


...os militares devem ter achado “idiota” o ministro Jobim fardado de general quatro estrelas camuflado, em agosto de 2007.
Pensando bem...

Por Claudio Humberto

QUAL É A VERDADE!!

SE FOR SAIR.  JÁVAI TARDE.

Um comentário: