quinta-feira, 7 de julho de 2011

FALA SÉRIO

Reunião de Alto Comando?



Na minha vasta ignorância e ingenuidade de 20 anos de Exército, imaginava que uma Reunião de Alto Comando do Exército tratava de assuntos relevantes para a força, tipo:



- Propostas salariais viáveis para serem apresentadas ao Governo;

- Mudança na política de promoções e movimentações, de maneira já que não temos aumento salariais, ao menos ser uma medida paliativa para conceder alguma melhoria financeira aos militares;

- Medidas para construção de PNR ou uma indenização de moradia de acordo com cada localidade;

- Redução do tempo do recebimento do auxilio-fardamento de 3 para 2 anos;

- Aumento do auxilio do Pré-Escolar;

- Reajuste dos índices da tabela de indenização de transporte de bagagem, automóvel que encontrar-se congelada desde 1993 e concessão também de passagens aéreas aos S Ten/Sgt ou será que os mesmos e suas famílias, não tem o mesmo direito de viajarem de avião quando transferidos, principalmente com a passagem aérea nos dias de hoje não apresentar um custo tão diferenciado quanto a rodoviária;

- Melhoria do sistema de saúde FUSEx, já que somos obrigados a pagar;

- Entre tantos outros assuntos importantes que deveriam ser tratados em uma ocasião como esta, onde são empregados recursos públicos para trazerem pra Brasília todos os Generais 4 estrelas e assessores.



Mas para a minha surpresa e de quase toda a Força. Até pensei na primeira vez que escutei o assunto em uma conversa informal, que se tratava de uma brincadeira da pessoa cujo eu conversava e só acreditei, depois de ver o documento oficial com as propostas relevantes apresentadas durante a 275º RACE, que foram:




- liberação do uso do guarda-chuva.

(falta ainda definir a cor e a partir de quantos milímetros o guarda-chuva vai poder ser aberto);

- extinção da continência da praça parada para oficial-general e comandante de OM.

(é o assunto tão complexo que vai ser preciso um estudo conjunto das 3 Forças).

- camiseta verde substituindo a camuflada e a branca.

(será que um oficial de alta patente que foi para a reserva abriu uma fábrica nova? Vai ficar legal o uniforme 4B: camiseta verde e calça camuflada ou então o 5 A todo verde).

- Uso de capacetes brancos para motociclista fardados.

( Caberá ao Comandante-da-Guarda vai ter que ter o bom senso de não permitir a entrada de capacetes com detalhes floridos ou cor-de-rosa)

- Volta do coturno lona preto.

(acho que os Generais já esqueceram o desconforto do coturno todo em couro ou nunca usaram, pois só quem fez marchas com coturno de couro, sabe como fica os pés após cada marcha daquela. Ou será que um general da reserva resolveu abrir uma fábrica de coturnos de couro e com certeza ganhará a “licitação” para a aquisição de novos coturnos para cabos/soldados).


- Redução dos números de bolsos do uniforme camuflado (eita, essa foi forte).

(espero que mantenha o bolso do braço, aquele que tem um zíper, é ótimo para guardar clips quando se estiver de serviço.)



Gostaria de saber quando a alta cúpula do judiciário, da policia federal, da policia do DF, de outras instituições se reúnem, tratam de assuntos tão “relevantes” como os que nossos chefes discutem?



- Aproveitando a oportunidade, as pautas para a próxima Reunião de Alto Comando serão as seguintes:

- uso de sandálias de cores azuis e vermelhas ao invés de somente nas cores pretas no uniforme 5º C (de natação);

- uso de adoçante no café da manhã. (saúde é importante.)

- substituição de doces por frutas da estação nas sobremesas (mais uma vez a saúde e a economia.)

- entrada ou não de praças nos elevadores destinados a oficiais (no momento nestes elevadores “privativos” podem entrar civis, pessoal da limpeza, entregadores de pizzas, o subão não pode.)

- retirada ou não daquela parte do gorro que cobre a nuca;

- obrigatoriedade do uso de relógio no braço esquerdo por ocasiões da formatura;

- todos os celulares dos militares terão que ter em seu toque uma canção militar;

- retirar os bolsos no uniforme 3º D, para evitar que os militares coloquem as mãos no bolso;

- No olhar a direita durante o desfile, a tropa deverá dirigir o olhar para o chão e não para o olho da autoridade, a fim de não constranger a mesma.


Você tem mais alguma sugestão? Sugira. A hora é esta... Não esqueça de apagar a luz quando sai



Edson

Nenhum comentário:

Postar um comentário