quarta-feira, 27 de outubro de 2010

Empresária confirma à PF que filho de Erenice recebeu propina

Por Vannildo Mendes / BRASÍLIA, estadao.com.br, Atualizado: 27/10/2010 1:05

Empresária confirma à PF que filho de Erenice recebeu propina

Em depoimento de mais de duas horas à Polícia Federal, a empresária Ana Veloso Corsini confirmou ontem que seu irmão, o piloto de motocross Luís Corsini, pagou propina de R$ 40 mil a Israel Guerra, filho da ex-ministra Erenice Guerra (Casa Civil), pela intermediação de um patrocínio de R$ 200 mil da Eletrobrás, em 2008. Com isso, o delegado Roberval Vivalvi, encarregado do inquérito, deve preparar o indiciamento de Israel.



Segundo relato de Ana Veloso, o patrocínio estava 'entravado' e chegou a ser recusado, quando Israel, apresentado ao piloto, ofereceu-se para reverter a situação, alegando que 'a mãe e a tia' o ajudariam a remover as dificuldades.



A tia a quem Israel se referia seria a então ministra da Casa Civil, Dilma Rousseff, substituída por Erenice no cargo em março deste ano, quando ela se desincompatibilizou para disputar a Presidência pelo PT. Erenice é braço direito de Dilma desde 2003, quando a candidata tornou-se ministra de Minas e Energia. A Eletrobrás era a área onde as duas exerciam mais influência. A candidata nega envolvimento com os atos atribuídos aos familiares da ex-colaboradora.



Ana contou à polícia que, de fato, após a intermediação de Israel, a Eletrobrás reconsiderou o projeto de patrocínio à equipe Corsini Racing e o dinheiro saiu em duas parcelas - em julho e agosto de 2008. Ela relatou que, atento às datas de liberação, o filho de Erenice fez pressões pelo imediato pagamento da sua 'comissão'. Como Corsini demorou a efetuar o pagamento, ele intensificou a cobrança e estendeu as pressões a Ana, que trabalha na equipe. Ela disse ter ficado chocada com a situação. 'Foi chantagem mesmo e eu vim aqui reafirmar tudo em detalhes', disse ela, ao chegar para depor.



Corsini depôs na quinta-feira e confirmou que a propina foi paga em duas parcelas, uma em dinheiro, no valor de R$ 24 mil e a outra, de R$ 16 mil, em cheque.

terça-feira, 26 de outubro de 2010

O EIXO DO MAL: UMA AMEAÇA REAL!

O EIXO DO MAL: UMA AMEAÇA REAL!



VOCÊ DUVIDA?

Repassando...


Eixo do Mal está se definindo...(Como Brasileira e acima de todos os meus interesses e sem partidarismos meu último "conselho" aos petistas pensem bem

Voto Serra 45 por uma questão de Segurança Nacional!

Ives Gandra critica direitos humanos lulistas.flv

http://www.youtube.com/watch?v=VQldMpBECvo

Olha a M... que vai acontecer se Dilma vencer...



Uma União do INFERNO!!!!

Vocês não temem o poder de distruição dos EUA???

O Presidente do IRÃ está aliando-se a países próximos aos Estados Unidos (SEU MAIOR INIMIGO).

Adivinhe para quê?

Os Americanos não vão aceitar essa ameaça... vão acabar impludindo com tudo!!!!

O Eixo do Mal está se definindo... só tá faltando o povo brasileiro referendar se o Brasil participa ou não:

Irã, Venezuela, Bolívia, Cuba e.....

Bispo diz que ''PT é o partido da morte''

Bispo diz que ''PT é o partido da morte''


Fausto Macedo - O Estado de S.Paulo
"O PT é o partido da mentira, o PT é o partido da morte", afirmou ontem d. Luiz Gonzaga Bergonzini, bispo diocesano de Guarulhos, na Grande São Paulo. "O PT descrimina o aborto, aceita o aborto até o nono mês de gravidez. Isso é assassinato de ser humano que não tem nem o direito de se defender."

LEIA MAIS...

Fonte: http://www.estadao.com.br/estadaodehoje/20101024/not_imp629088,0.php

Mentir é falar ou dizer algo contrário à verdade; é a expressão e manifestação contrária ao que alguém sabe, crê ou pensa. Pode-se crer na mentira, falar mentira e praticar a mentira. É o engano em seus diferentes aspectos; nocivo ao ser humano e ofensa grave diante de Deus.

O diabo é o pai da mentira (João 8:44) e, portanto, a mentira é um instrumento diabólico que o homem usa para sua própria perdição. O mais triste é que o homem ama a mentira, não ama a verdade, pois ele é mau por natureza (Romanos 1:25; Apocalipse 22:15).

Todo verdadeiro crente deve tratar tudo de uma forma positiva; na verdade o seu falar deve ser "Sim, sim, Não, não, porque o que passa disto é de procedência maligna" (Mt. 5:37)

Quando Adão e Eva pecaram no Éden, o pecado entrou no ser humano; entrou a mentira, o mal e, conseqüentemente, a morte. "Porque o salário do pecado é a morte", mas graças a Deus que "o dom gratuito de Deus é a vida eterna, por Cristo Jesus nosso Senhor" (Rm. 6:23).

Carta para o Chico Buarque José Danon

Carta para o Chico Buarque José Danon




Chico, você foi, é e será sempre meu herói. Pelo que você foi, pelo que você é e pelo que creio que continuará sendo. Por isso mesmo, ao ver você declarar que vai votar no Lula “por falta de opção”, tomei a liberdade de lhe apresentar o que, na opinião do seu mais devoto e incondicional admirador, pode ser uma opção.

Eu também votei no Lula contra o Collor. Tanto pelo que representava o Lula como pelo que representava o Collor. Eu também acreditava no Lula. E até aprendi várias coisas com ele, como citar ditos da mãe. Minha mãe costumava lembrar a piada do bêbado que contava como tinha se machucado tanto. Cambaleante, ele explicava: “Eu vi dois touros e duas árvores, os que eram e os que não eram. Corri e subi na árvore que não era, aí veio o touro que era e me pegou.” Acho que nós votamos no Lula que não era, aí veio o Lula que era e nos pegou.

Chico, meu mestre, acho que nós, na nossa idade, fizemos a nossa parte. Se a fizemos bem feita ou mal feita, já é uma outra história. Quando a fizemos, acreditávamos que era a correta. Mas desconfio que nossa geração não foi tão bem-sucedida, afinal. Menos em função dos valores que temos defendido e mais em razão dos resultados que temos obtido. Creio que hoje nossa principal função será a de disseminar a mensagem adequada aos jovens que vão gerenciar o mundo a partir de agora. Eles que façam mais e melhor do que fizemos, principalmente porque o que deixamos para eles não foi grande coisa. Deixamos um governo que tem o cinismo de olimpicamente perdoar os “companheiros que erraram” quando a corrupção é descoberta.

Desculpe, senhor, acho que não entendi. Como é, mesmo? Erraram? Ora, Chico. O erro é uma falha acidental, involuntária, uma tentativa frustrada ou malsucedida de acertar. Podemos dizer que errou o Parreira na estratégia de jogo, que erramos nós ao votarmos no Lula, mas não que tenham errado os zésdirceus, os marcosvalérios, os genoinos, dudas, gushikens, waldomiros, delúbios, paloccis, okamottos, adalbertos das cuecas, lulinhas, beneditasdasilva, burattis, professoresluizinhos, silvinhos, joãopaulocunhas, berzoinis, hamiltonlacerdas, lorenzettis, bargas, expeditovelosos, vedoins, freuds e mais uma centena de exemplares dessa espécie tão abundante,desafortunadamente tão preservada do risco de extinção por seu tratador. Esses não erraram. Cometeram crimes. Não são desatentos ou equivocados. São criminosos. Não merecem carinho e consolo, merecem cadeia.

Obviamente, não perguntarei se você se lembra da ditadura militar. Mas perguntarei se você não tem uma sensação de déjà vu nos rompantes de nosso presidente, na prepotência dos companheiros, na irritação com a imprensa quando a notícia não é a favor. Não é exagero, pergunte ao Larry Rother do New York Times, que, a propósito, não havia publicado nenhuma mentira. Nem mesmo o Bush, com sua peculiar e texana soberba, tem ousado ameaçar jornalistas por publicarem o que quer que seja. Pergunte ao Michael Moore. E olhe que, no caso do Bush, fazem mais que simples e despretensiosas alusões aos seus hábitos ou preferências alcoólicas no happy hour do expediente.


Mas devo concordar plenamente com o Lula ao menos numa questão em especial: quando acusa a elite de ameaçá-lo, ele tem razão. Explica o Aurélio Buarque de Hollanda que elite, do francês élite, significa “o que há de melhor em uma sociedade, minoria prestigiada, constituída pelos indivíduos mais aptos”. Poxa! Na mosca. Ele sabe que seus inimigos são as pessoas do povo mais informadas, com capacidade de análise, com condições de avaliar a eficiência e honestidade de suas ações. E não seria a primeira vez que essa mesma elite faz esse serviço. Essa elite lutou pela independência do Brasil, pela República, pelo fim da ditadura, pelas diretas-já, pela defenestração do Collor e até mesmo para tirar o Lula das grades da ditadura em 1980, onde passou 31 dias. Mas ela é a inimiga de hoje. E eu acho que é justamente aí que nós entramos.


Nós, que neste país tivemos o privilégio de aprender a ler, de comer diariamente, de ter pais dispostos a se sacrificar para que pudéssemos ser capazes de pensar com independência, como é próprio das elites - o que, a propósito, não considero uma ofensa -, não deveríamos deixar como herança para os mais jovens presentes de grego como Lula, Chávez, Evo Morales, Fidel - herói do Lula, que fuzila os insatisfeitos que tentam desesperadamente escapar de sua “democracia”. Nossa herança deveria ser a experiência que acumulamos como justo castigo por admitirmos passivamente ser governados pelo Lula, pelo Chávez, pelo Evo e pelo Fidel, juntamente com a sabedoria de poder fazer dessa experiência um antídoto para esse globalizado veneno. Nossa melhor herança será o sinal que deixaremos para quem vem depois, um claro sinal de que permanentemente apoiaremos a ética e a honestidade e repudiaremos o contrário disto. Da mesma forma que elegemos o bom, destronamos o ruim, mesmo que o bom e o ruim sejam representados pela mesma pessoa em tempos distintos.


Assim como o maior mal que a inflação causa é o da supressão da referência dos parâmetros do valor material das coisas, o maior mal que a impunidade causa é o da perda de referência dos parâmetros de justiça social. Aceitar passivamente a livre ação do desonesto é ser cúmplice do bandido, condenando a vítima a pagar pelo malfeito.Temos opção. A opção é destronar o ruim. Se o oposto será bom, veremos depois. Se o oposto tampouco servir, também o destronaremos. A nossa tolerância zero contra a xyzwhijp evitará que as passagens importantes de nossa História, nesse sanatório geral, terminem por desbotar-se na memória de nossas novas gerações.


Aí, sim, Chico, acho que 'cada paralelepípedo da velha cidade', no dia 31 de outubro, vai se arrepiar.


Seu admirador número 1,


Zé Danon


* José Danon é economista e consultor de empresas




Pense bem, para não se arrepender tardiamente.


Agora é a hora!






DOCUMENTARIO PROIBIDO SOBRE O MST






http://www.youtube.com/watch?v=wUF83sGlsLk

Firma investigada em Santo André faturou R$ 7,7 mi do governo

Por Leandro Colon / BRASÍLIA, estadao.com.br, Atualizado: 26/10/2010 1:48


Firma investigada em Santo André faturou R$ 7,7 mi do governo



Uma empresa acusada de participar de uma quadrilha, que desviou recursos públicos e cobrou propina na prefeitura sob administração petista em Santo André, faturou R$ 7,7 milhões no governo federal entre 2007 e 2010. No último dia 18, com a negativa da Justiça em acolher recursos protelatórios, a Projeção Engenharia Paulista de Obras Ltda. virou ré na companhia de empresários, do PT e do chefe de gabinete do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, Gilberto Carvalho. Todos são acusados de montar um esquema de corrupção entre 1997 e 2002, quando o PT comandou a prefeitura da cidade com Celso Daniel, assassinado há quase nove anos.

A empresa entrou no governo Lula há três anos, por meio da Aeronáutica. No fim de 2007, a Projeção assinou um contrato de R$ 4 milhões para uma obra no Parque de Material Aeronáutico de São Paulo. O serviço tinha conclusão prevista para meados de 2008. Só que, em agosto daquele ano, foi assinado aditivo de R$ 1,7 milhão por mais três meses.

No começo de 2009, a mesma empresa firmou um contrato de R$ 1,2 milhão, pelo período de sete meses, para trabalhar na 'recuperação das vias de acesso do setor sudoeste para a área operacional do Aeródromo do Campo de Marte'. Em agosto do ano passado, no entanto, um aditivo foi assinado por mais quatro meses. Segundo o Portal da Transparência, os repasses totais para esse serviço foram de R$ 2 milhões.


Caixa 2. Segundo a investigação do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) da região do ABC, autora da ação aceita pela Justiça, a Projeção Engenharia intermediou o esquema de arrecadação de propina em Santo André que, de acordo com a denúncia do Ministério Público, serviu para abastecer o caixa 2 do PT. A empresa tem como dono Humberto Tarcísio de Castro, também denunciado. Mas, de acordo com os promotores, a empresa é comandada pelo empresário Ronan Maria Pinto, réu no mesmo processo. O Estado procurou a assessoria de imprensa da Aeronáutica e a direção da empresa, mas ambos não deram resposta à reportagem até o fechamento da edição.

Firma investigada em Santo André faturou R$ 7,7 mi do governo

Por Leandro Colon / BRASÍLIA, estadao.com.br, Atualizado: 26/10/2010 1:48


Firma investigada em Santo André faturou R$ 7,7 mi do governo

Uma empresa acusada de participar de uma quadrilha, que desviou recursos públicos e cobrou propina na prefeitura sob administração petista em Santo André, faturou R$ 7,7 milhões no governo federal entre 2007 e 2010. No último dia 18, com a negativa da Justiça em acolher recursos protelatórios, a Projeção Engenharia Paulista de Obras Ltda. virou ré na companhia de empresários, do PT e do chefe de gabinete do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, Gilberto Carvalho. Todos são acusados de montar um esquema de corrupção entre 1997 e 2002, quando o PT comandou a prefeitura da cidade com Celso Daniel, assassinado há quase nove anos.



A empresa entrou no governo Lula há três anos, por meio da Aeronáutica. No fim de 2007, a Projeção assinou um contrato de R$ 4 milhões para uma obra no Parque de Material Aeronáutico de São Paulo. O serviço tinha conclusão prevista para meados de 2008. Só que, em agosto daquele ano, foi assinado aditivo de R$ 1,7 milhão por mais três meses.



No começo de 2009, a mesma empresa firmou um contrato de R$ 1,2 milhão, pelo período de sete meses, para trabalhar na 'recuperação das vias de acesso do setor sudoeste para a área operacional do Aeródromo do Campo de Marte'. Em agosto do ano passado, no entanto, um aditivo foi assinado por mais quatro meses. Segundo o Portal da Transparência, os repasses totais para esse serviço foram de R$ 2 milhões.



Caixa 2. Segundo a investigação do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) da região do ABC, autora da ação aceita pela Justiça, a Projeção Engenharia intermediou o esquema de arrecadação de propina em Santo André que, de acordo com a denúncia do Ministério Público, serviu para abastecer o caixa 2 do PT. A empresa tem como dono Humberto Tarcísio de Castro, também denunciado. Mas, de acordo com os promotores, a empresa é comandada pelo empresário Ronan Maria Pinto, réu no mesmo processo. O Estado procurou a assessoria de imprensa da Aeronáutica e a direção da empresa, mas ambos não deram resposta à reportagem até o fechamento da edição.

segunda-feira, 25 de outubro de 2010

Tribunal Regional Federal de SP manda prosseguir Ação Popular contra Lula,

Tribunal Regional Federal Ação Popular contra Lula




--------------------------------------------------------------------------------



25 de Out. de 2010 com 19 Visualizações

Eleições

Tribunal Regional Federal de SP manda prosseguir Ação Popular contra Lula, a empresa Oi, o presidente do BNDES, Luciano Coutinho, e o ex-presidente do Banco do Brasil, Antonio Lima Neto.

Carlos Newton

Negócio muito estranho e inexplicável

O governo federal, sob coordenação da então ministra-chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff, em prazo recorde, mudou a legislação das telecomunicações, facilitou recursos federais de cerca de R$ 7 bilhões do Banco do Brasil e do BNDES, e pressionou a aceitação da Anatel e do TCU para que a empresa de telefonia OI adquirisse a Brasil Telecom (BrT) e se livrasse de uma multa de R$ 490 milhões.

Como justificar tamanho empenho da administração federal para beneficiar a Oi, uma empresa privada que é sócia de um dos filhos do presidente Lula na Gamecorp? As explicações, que nunca foram dadas, agora terão que ser fornecidas à Justiça.

LEIA MAIS...

Fonte: http://www.tribunadaimprensa.com.br/?p=12577

sábado, 23 de outubro de 2010

O fantasma de Celso Daniel

23/10/2010


às 5:11

O fantasma de Celso Daniel assombra homem forte do governo Lula: PT e Gilberto Carvalho viram réus em ação sobre propina em Santo André

* Chefe de Gabinete de Lula transportava dinheiro da quadrilha, diz denúncia aceita pela Justiça
* Segundo denúncia aceita, Carvalho entregava dinheiro da propina para José Dirceu
* PT e Carvalho agora são réus junto com Sérgio Sombra, acusado de ter matado o prefeito

http://veja.abril.com.br/blog/reinaldo/geral/o-fantasma-de-celso-daniel-assombra-homem-forte-do-governo-lula-pt-e-gilberto-carvalho-viram-reus-em-acao-sobre-propina-em-santo-andre/

sexta-feira, 22 de outubro de 2010

PARA CONHECIMENTO E DIVULGAÇÃO

PARA CONHECIMENTO E DIVULGAÇÃO



Serra e os Militares - O Brasil pode Mais!!!

É UM COMPROMISSO!

=========================
Para conhecimento.

Veja as promessas de Serra para os militares...

De: José Serra

Data: 29 de setembro de 2010 18:11

PARA CONHECIMENTO E DIVULGAÇÃO


DILMA E LULA – CAIU A MÁSCARA 

Publicado: 11 11UTC outubro 11UTC 2010 por luizcsb em Emails


0e melhor rir para não ter que chorar! IMPORTANTE NÃO DEIXEM DE VER ATÉ ONDE CHEGA TANTA FALSIDADE E IMBECILIDADE! O BRASIL TODO DEVERIA VER ISSO. . . . MAS A MÍDIA NAO MOSTRA. OBRIGADO YOUTUBE CLIQUE ABAIXO: http://www.youtube.com/watch?v=HSdvn-6yhNI



CANDIDATA À PRESIDENCIA PROCESSA O BRASIL

Publicado: 7 07UTC outubro 07UTC 2010 por luizcsb em Emails

A CANDIDATA À PRESIDENCIA PROCESSA O BRASILGaranto que esse absurdo você não sabia… Recebi a mensagem abaixo e fui conferir para ver se havia um SITE OFICIAL, e se lá estava o processo da DILMA. EXISTEM: TANTO O SITE COMO O PROCESSO. VEJA O LINK: Se quiser confirmar, clique nesse link Se quiser confirmar, clique nesse link http://portal.mj.gov.br/anistia/data/Pages/MJDC5E093DPTBRNN.htm e coloque o número do processo 2002.01.13016 e o nome Dilma Vana Rousseff

É muito bom receber os frutos plantados por outros!

SÓ PARA LEMBRAR !!!!




Por favor, verifique se há alguma mentira abaixo.



1985 - O PT é contra a eleição de Tancredo Neves e expulsa os deputados que votaram nele.

1988 - O PT vota contra a Nova Constituição que mudou o rumo do Brasil.

1989 - O PT defende o não pagamento da dívida brasileira, o que transformaria o Brasil num caloteiro mundial.

1993 - Itamar Franco convoca todos os partidos para um governo de coalizão pelo bem do país. O PT foi contra e não participou.

1994 - O PT vota contra o Plano Real e diz que a medida é eleitoreira.

1996 - O PT vota contra a reeleição. Hoje defende.

1998 - O PT vota contra a privatização da telefonia, medida que hoje nos permite ter acesso a internet e mais de 150 milhões de linhas telefônicas.

1999 - O PT vota contra a adoção do câmbio flutuante.

1999 - O PT vota contra a adoção das metas de inflação.

2000 - O PT luta ferozmente contra a criação da Lei de Responsabilidade Fiscal, que obriga os governantes a gastarem apenas o que arrecadarem, ou seja, o óbvio que não era feito no Brasil.

2001 - O PT vota contra a criação dos programas sociais no governo Fernando Henrique: Bolsa Escola, Vale Alimentação, Vale Gás, PETI e outras bolsas são classificadas como esmolas eleitoreiras e insuficientes.







Quase toda atual estrutura sócio-econômica do Brasil foi construída no período listado acima. O PT foi contra tudo e contra todos.

Hoje roubam todos os avanços que os outros partidos promoveram e posam como os únicos construtores de um país democrático e igualitário.

Já que o PT foi contra tudo e contra todos desde a sua fundação, fica uma pergunta para que os leitores respondam: em 8 anos de governo, quais as reformas que o PT promoveu no Brasil para mudar o que os seus antecessores deixaram?



É muito bom receber os frutos plantados por outros!

quinta-feira, 21 de outubro de 2010

Os nazistas estão nas ruas!

Os nazistas estão nas ruas! Serra é agredido no Rio.]


Para:
Àqueles que pretendem votar na Dilma estão dizendo a seus filhos que as

ditaduras são boas, que o cerceamento da liberdade de expressão é um

valor nobre, que as torturas e perseguições às mulheres causadas pelos

paíse como Irã, Cuba, Venezuela são boas para uma nação e merecem o

apoio do nosso país (Vergonha internacional). Também não se esqueçam que

estarão dizendo a seus filhos, que valores como honestidade, trabalho,

boa educação, respeito às mulheres , à liberdade expressão e a busca da

verdade são valores desprezíveis para se fazer uma grande nação.

Um Governo não deve ser abrigo para ladrões e terroristas, nem ser

liderada por um gabinete paralelo escuro e ultrapassado, e mais, um

presidente que se preze deveria estar trabalhando e não servindo de

garoto propaganda e aobertando mentiras.


Reinaldo Azevedo

Os nazistas estão nas ruas! Serra é agredido no Rio. O chefe da facção é o presidente da República

Quando aquele grupo de fascistas foi constranger os donos da gráfica Pana — que imprimia o material da Diocese de Guarulhos e que também havia trabalhado para petistas —, afirmei que as tropas de assalto dos nazistas estavam nas ruas; comparei a ação do grupo aos métodos da Sturmabteilung, a SA de Ernst Röhm, do tempo em que o nazismo não havia ainda se profissionalizado. Exagero? Eu apenas submeto a uma projeção aquilo que no petismo é ainda incipiente, imaginando, a partir de dados que eles próprios me fornecem , até onde podem chegar.

Hoje, um destacamento da Sturmabteilung (SA) agrediu o tucano José Serra. Agressão física mesmo! O candidato caminhava com partidários e aliados pelo calçadão de Campo Grande, na Zona Oeste do Rio, quando se deparou com um grupo de militantes petistas, organizado com a finalidade exclusiva de constranger os tucanos e lhes tirar o direito constitucional de ir e vir. O pessoal da SA tentou impedir a passagem da social-democracia. Houve enfrentamento. Uma bobina de papel atingiu a cabeça de Serra, que chegou a ficar um pouco zonzo e teve de ser atendido no hospital Sorocaba. Pedras foram lançadas contra o grupo, que era acompanhado por repórter que cobriam a caminhada.

Quem é o (i)rresponsável por isso? Luiz Inácio Lula da Silva, o presidente da República, cuja retórica de palanque simula uma guerra. Foi ele que, ao abandonar qualquer princípio de decoro a que sua condição obriga, ao renunciar à liturgia própria do cargo para se dedicar à campanha eleitoral mais rasteira, arrastou a disputa para o confronto de rua. Com uma diferença: só os seus brutamontes agridem.

Hoje, exercendo o seu papel predileto, o de vítima, Lula anunciou que a Polícia Federal está investigando ligações de telemarketing contra Dilma. Espero que a PF não esteja, também ela, a serviço do PT. Ou Lula não vai pedir que a polícia investigue os panfletos apócrifos contra Mônica Serra encontrados no QG petista?

Recorrendo à única metáfora em que consegue se expressar com alguma clareza teórica, afirmou: “O jogador que quer disputar um título mundial, ele não vai ficar rebolando dentro do campo. Ele vai jogar para marcar gol. Ele vai tirar a bola do adversário. Agora, isso tem de ser feito, mas o baixo nível que a campanha está tomando é uma coisa”. Não sei o que quer dizer direito, mas o certo é que esse jogo não supõe tentar quebrar a cabeça do adversário.

A retórica do presidente sempre foi e continua a ser a de um chefe de facção. E sua tropa de choque está nas ruas obedecendo, na prática, ao comando do chefe.

Por Reinaldo Azevedo
Veja agora:

Um vídeo sobre a agressão sofrida pelo Serra no Rio de Janeiro, uma agressão que é muito mais que um fato isolado, uma agressão que é o reflexo do ódio plantado pelo PT nas ruas durante esta eleição. Um debate sobre a agressão do PT à democracia.

http://www.youtube.com/watch?v=d9c2OFAJ2CU













--



Eduardo Löwenhaupt da Cunha



eduardocunha.adv@gmail.com



61 8463.6464 Brasília/DF















--

"O MENTOR É AQUELE CUJA OPINIÃO TEM PESO DE ORDEM E, POR ESSA RAZÃO, EVITAM DAR OPINIÃO. O MENTOR É AQUELE QUE TEM SOBRE VOCE UMA AUTORIDADE QUE PRESCINDE DA INTIMIDADE"

Carlos Lyra

AGU adia decisão sobre processo militar contra Dilma

REPASSEM ...






19/10/2010 -- 20h22

AGU adia decisão sobre processo militar contra Dilma

O governo manobrou para blindar a candidata à Presidência Dilma Rousseff e a Advocacia Geral da União (AGU) conseguiu impedir o Superior Tribunal Militar (STM) de decidir hoje sobre a liberação ou não do acesso ao processo aberto durante o governo militar contra a petista. Após o julgamento já ter começado, o STM atendeu a um pedido da AGU para consulta aos autos, adiando o julgamento para até o dia 28.

Como o segundo turno será realizado no dia 31, há risco de a eleição ocorrer sem que os dados se tornem públicos. Representante do Ministério Público (MP), Roberto Coutinho alertou a Corte: "Parece mais uma tentativa da AGU para tentar procrastinar esse julgamento para depois do segundo turno."

Está sob análise do STM um mandado de segurança no qual o jornal Folha de S.Paulo pede para ter acesso ao processo que levou Dilma à prisão. O presidente do tribunal, Carlos Alberto Soares, negou o acesso alegando que os dados podem ter uso político. O julgamento começou no dia 5, mas foi interrompido naquela ocasião por um pedido de vista da ministra Maria Elizabeth Rocha.

Hoje, quando a votação foi retomada, a ministra reclamou da imprensa que divulgou a informação de que ela assessorou Dilma na Casa Civil. Antes que Maria Elizabeth lesse o seu voto, o relator do caso, Marcos Torres, anunciou que na véspera tinha recebido um pedido da AGU para ter vista nos autos. Ele, então, propôs o adiamento do julgamento por três sessões, ou seja, até o dia 28, conforme prevê o regimento do tribunal.

''Celeridade''

A advogada do jornal, Taís Gasparian, contestou o pedido. "O julgamento já teve início. É completamente intempestivo o pedido de vista de um processo que já entrou neste tribunal há mais de mês. É importantíssimo que este processo seja julgado com a devida celeridade."

Após a decisão do STM de adiar pela segunda vez o julgamento, Taís Gasparian afirmou que houve "uma clara negativa de prestação jurisdicional". "Houve um pedido de ingresso da AGU sob a alegação de que há interesse da União envolvido", disse a advogada. "É estranho que se pense que possa haver interesse da União", completou.

Indagada se vai recorrer ao Supremo Tribunal Federal (STF) para tentar garantir o acesso aos autos antes do segundo turno, Taís afirmou que vai conversar com seus clientes. A advogada observou que o processo era público até sete meses atrás, quando o presidente do STM impediu as consultas.

Com a divulgação do pedido da AGU para participar do processo, ocorreram intensas discussões no plenário. Os ministros José Coelho Ferreira e Cerqueira Filho, que foram contra o adiamento, alertaram o tribunal sobre os riscos de adiar mais uma vez a decisão. "Se passar a eleição será uma grande pizza", disse Cerqueira Filho.
http://www.bonde.com.br/bonde.php?id_bonde=1-3--803-20101019

FUNDADOR DO PT

Quem fala no filme é Fundador do PT, Hélio Bicudo.


http://www.youtube.com/watch_popup?v=6D6Ocm9xbgo&vq=large#t=304

Política“A senhora está mentindo!”

21.10.2010


Política“A senhora está mentindo!”
A dez dias da eleição, a candidata leva vantagem, mas é evidente a possibilidade de os institutos de pesquisa estarem de novo induzindo o voto
Dizem os institutos de pesquisa que Dilma Rousseff continua favorita nas intenções de voto, o que é consequência do uso descarado e nunca antes visto neste país da máquina federal, incluídas nestas as empresas estatais e a maioria das entidades sindicais e classistas, cooptadas com dinheiro público por iniciativa do atual governo. É tão notável o poder do Executivo imperial brasileiro que um protegido do presidente da República, burocrata quase desconhecido do povão no início da campanha eleitoral, de passado e presente contestáveis, mero ventríloquo de seu protetor, lidera a disputa pelo cargo mais importante do Brasil, cujo titular tem a chave do cofre.
No retrato do momento, prezados leitores, é razoável o favoritismo, mas não chega a ser franco e despudorado como informam os últimos levantamentos, que parecem querer reproduzir a indução tentada sem sucesso no turno inicial, quando erraram o resultado por cerca de 7 milhões de votos, o que equivale aos votos válidos do nosso Estado. A dez dias da verdade da urna, ela terá, se tiver, no máximo de até quatro a cinco pontos de vantagem sobre o seu oponente José Serra.
Logo, na hipótese, precisa pedir a Deus, tão citado por ela ultimamente, que neste tempo que falta não surjam fatos como os da Casa Civil e da mudança forçada de opinião sobre o aborto. Ou que o tucano rejeite a sugestão de Itamar Franco, de endurecer o seu discurso nos próximos programas e nos dois debates a serem realizados. Ontem, ao falar para centenas de prefeitos mineiros, o ex-presidente e senador eleito afirmou que “não adianta dizer em um tom amistoso: 'Eu não vou privatizar a Petrobras, eu não vou privatizar o pré-sal'. Tem que ser em um tom mais forte: 'A senhora está mentindo!'.”

quarta-feira, 20 de outubro de 2010

Tirem os esqueletos da Dilma do cofre do STM.

Sábado, Outubro 09, 2010


Tirem os esqueletos da Dilma do cofre do STM.


Dilma Roussef e Mario Kozel Filho. Ela está viva. Ele está morto.


Os blogs do esgoto estão revoltados com a exigência da sociedade brasileira em conhecer quem é Dilma Rousseff. Dizem que a ficha criminal da candidata, fechada a sete chaves dentro de um cofre do Superior Tribunal Militar, deve ter sido forjada pelos torturadores militares. E, pasmem, afirmam que Dilma foi uma jovem idealista que lutou contra a ditadura. É muita canalhice. A jovem idealista está aí, leve, livre e solta, concorrendo à presidência da República. Viva. O soldado Mario Kozel Filho, ao contrário, que era um jovem cumprindo serviço militar, foi brutalmente assassinado pela Vanguarda Popular Revolucionária, VPR, onde Dilma era uma das líderes e planejava os atentados terroristas, segundo ela mesmo declarou várias vezes. Mário, o jovem de 18 anos, foi atingido por uma bomba lançada pelo grupo armado da Dilma e pedaços do seu corpo foram achados a 400 metros de distância. Dentro daquele cofre que esconde a biografia da Dilma, pode estar a resposta sobre quem matou Mário Kozel Filho. Que estes ratos do esgoto não venham com a história da jovem que lutava contra a ditadura. Estes terroristas que lutavam contra a ditadura queriam implantar o comunismo no Brasil e assassinavam jovens em portas de quartéis.


Da Folha de São Paulo:

O Ministério Público Militar deu parecer favorável à Folha no mandado de segurança protocolado pelo jornal no STM (Superior Tribunal Militar) para ter acesso ao processo que levou Dilma Rousseff à prisão durante a ditadura militar (1964-1985). Em documento assinado pelo subprocurador Carlos Frederico de Oliveira, a Procuradoria diz que o pedido da Folha está "conforme ao direito constitucional" e que a decisão do STM de ocultar o processo viola o "direito líquido e certo de informação" e a "liberdade e imprensa"."Todos têm interesse no acesso à informação pretendida, aí entenda-se não apenas os impetrantes -empresa e jornalista- mas a própria sociedade", diz o texto. O Ministério Publico Militar também ataca outro argumento do STM, que disse que os autos do processo de Dilma estão em estado precário: "Esse fundamento não se impõe (...) sobretudo diante da excelente qualidade do serviço de conservação de documentos do STM". Em agosto, a Folha revelou que o processo sobre a candidata do PT estava trancado em cofre no STM. O material foi retirado dos arquivos e mantido em sigilo por decisão do presidente da corte, Carlos Alberto Marques Soares, que diz querer evitar uso político do material.O mandado de segurança foi protocolado depois que o presidente do STM negou acesso ao jornal. Na semana passada, o relator do mandado de segurança, Marcos Torres, negou provisoriamente o acesso. Disse que a decisão deveria ser do plenário.Nesta semana, o plenário começou a analisar o mandato. O julgamento estava empatado (2 a 2) quando a ministra Maria Elizabeth Rocha pediu vista. Maria Elizabeth foi assessora da Casa Civil quando Dilma era ministra.

CANDIDATA À PRESIDÊNCIA PROCESSA O BRASIL.

quarta-feira, 13 de outubro de 2010


CANDIDATA À PRESIDÊNCIA PROCESSA O BRASIL.

Por favor, não fiquem pensando mal da Da. Dilma, porque ela é boa gente e tem um bom coração. Essa bolada que ela vai receber, com certeza será doada ao Bolsa Família para ajudar os pobres que foram esquecidos durante os governos anteriores.

Repasse sem moderação, afinal o 2º Turno está aí mesmo!

Garanto que esse absurdo você não sabia. Apenas mais uma para se indignar. É ASSIM QUE ELA AMA O BRASIL , DO QUAL QUER SE APODERAR! VOCE VAI PERMITIR....

Recebi a mensagem abaixo e fui conferir para ver se havia um SITE OFICIAL, e se lá estava o processo da DILMA.

EXISTEM: TANTO O SITE COMO O PROCESSO.

LÁ VAI O LINK:

Se quiser confirmar, clique nesse link http://portal.mj.gov.br/anistia/data/Pages/MJDC5E093DPTBRNN.htm e coloque o número do processo 2002.01.13016 (sem os pontos) ou o nome Dilma Vana Rousseff

VEJA QUANTO DILMA ESTÁ PEDINDO NA BOLSA GUERRILHA

A candidata Dilma Rousseff (PT) está movendo um processo contra o Estado brasileiro.

Ela está requerendo indenização pelos tempos em que militou na guerrilha armada, tentando implantar o comunismo no Brasil.

Enquanto esteve na guerrilha, o grupo guerrilheiro do qual participava ativamente assassinou soldados, praticou atentados à bomba, roubou cofres, sequestrou.

Desde 2002, Dilma está processando o Estado.

O processo já teve 23 movimentações.

Agora chegou ao gabinete do Presidente Lula.É importante saber quanto a Dilma quer ganhar. Especialmente neste momento em que o TCU está disposto a revisar os verdadeiros absurdos cometidos na distribuição da bolsa guerrilha.

Lula ganha perto de 5 mil mensais por ter passado 30 dias na prisão, assediando o menino do MEP e pedindo pizza para o jantar.

Não perdeu o emprego porque já não trabalhava, já era pelego do sindicato.

Quanto será que a Dilma está querendo faturar em cima dos impostos que nós pagamos?

Quanto será que ela está pedindo?

É uma boa pauta para os jornalistas ou para o que ainda resta deles.

Quem pergunta?

Os cofres públicos agradecem.

Apenas para lembrar: Serra, (gostem ou não dele) nunca pegou em armas contra os seus irmãos brasileiros, esteve exilado durante vários anos, onde estudou e trabalhou e nunca pediu um centavo.

A verdade deve ser dita.

Apenas para lembrar, a escolha é sua!

O discurso em que Lula afirma que Bolsa Família deixa o sujeito vagabundo

QUER CONFIRMAR.........
http://www.miniweb.com.br/servicos/artigos_home/textos_reflexao/bolsa_familia.html




sábado, 16 de outubro de 2010

O discurso em que Lula afirma que Bolsa Família deixa o sujeito vagabundo


de Lula

Discurso

26/08/2010



O discurso em que Lula afirma que Bolsa Família deixa o sujeito vagabundo, sem vontade de plantar macaxeira!!! E a prova documental de quem foi o criador do programa

Como é mesmo? Segundo um novo Datafolha, a diferença entre Dilma e Serra oscilou para 20 pontos? Os petralhas não descansam nem de madrugada — creiam (devem ganhar bem!) — e anunciam que eu já perdi a eleição? Então eu vou lhes mostrar como me comporto em meio àqueles que já disputam o seu lugar à grama. E por que vou fazer o que segue? Por apreço à verdade. E porque, como escrevi naquele texto quanto estava em Dois Córregos, Corisco só se entrega na morte de parabelo na mão, hehe.

Ontem, na impressionante coleção de invencionices a que se entregou em cima do palanque, Lula afirmou que setores “elitistas” o criticaram por causa do Bolsa Família. Também é mentira. O único “elitista” contrário ao programa era… Lula!!! E dá para provar. Quando o Babalorixá chegou ao poder, inventou que o Brasil padecia de uma fome africana — que já havia sido superado havia duas décadas ao menos. E criou o natimorto programa Fome Zero, lembram-se? O que era mero golpe publicitário de Duda Mendonça virou estandarte do governo. Havia quatro programas de renda do governo FHC: Auxílio-Gás, Bolsa Alimentação, Bolsa Escola e Bolsa Renda. Lula os juntou depois e os chamou de Bolsa Família. Isso é história. Mas, antes de fazê-lo, falou muita bobagem. E depois também.

No dia 9 de abril de 2003, com o Fome Zero empacado, Lula fez um discurso no semi-árido nordestino, na presença de Ciro Gomes, em que disse com todas as letras que acreditava que os programas que geraram o Bolsa Família levavam os assistidos à vagabundagem. Querem ler? Pois não!

Eu, um dia desses, Ciro [Gomes, ministro da Integração Nacional], estava em Cabedelo, na Paraíba, e tinha um encontro com os trabalhadores rurais, Manoel Serra [presidente da Contag - Confederação Nacional dos Trabalhadores na Agricultura], e um deles falava assim para mim: “Lula, sabe o que está acontecendo aqui, na nossa região? O povo está acostumado a receber muita coisa de favor. Antigamente, quando chovia, o povo logo corria para plantar o seu feijão, o seu milho, a sua macaxeira, porque ele sabia que ia colher, alguns meses depois. E, agora, tem gente que já não quer mais isso porque fica esperando o ‘vale-isso’, o ‘vale-aquilo’, as coisas que o Governo criou para dar para as pessoas.” Acho que isso não contribui com as reformas estruturais que o Brasil precisa ter para que as pessoas possam viver condignamente, às custas do seu trabalho. Eu sempre disse que não há nada mais digno para um homem e para uma mulher do que levantar de manhã, trabalhar e, no final do mês ou no final da colheita, poder comer às custas do seu trabalho, às custas daquilo que produziu, às custas daquilo que plantou. Isso é o que dá dignidade. Isso é o que faz as pessoas andarem de cabeça erguida. Isso é o que faz as pessoas aprenderem a escolher melhor quem é seu candidato a vereador, a prefeito, a deputado, a senador, a governador, a presidente da República. Isso é o que motiva as pessoas a quererem aprender um pouco mais.

Notaram a verdade de suas palavras? A convicção profunda? Então…

No dia 27 de fevereiro de 2003, Lula já tinha mudando o nome do programa Bolsa Renda, que dava R$ 60 ao assistido, para “Cartão Alimentação”. Vocês devem se lembrar da confusão que o assunto gerou: o cartão serviria só para comprar alimentos?; seria permitido ou não comprar cachaça com ele?; o beneficiado teria de retirar tudo em espécie ou poderia pegar o dinheiro e fazer o que bem entendesse?

Aquestão se arrastou por meses. O tal programa Fome Zero, coitado!, não saía do papel. Capa de uma edição da revista Primeira Leitura da época: “O Fome Zero não existe”. A imprensa petista chiou pra chuchu.

No dia 20 de outubro, aquele mesmo Lula que acreditava que os programas de renda do governo FHC geravam vagabundos, que não queriam mais plantar macaxeira, fez o quê? Editou uma Medida Provisória e criou o Bolsa Família? E o que era o Bolsa Família? A reunião de todos os programas que ele atacara em um só. Assaltava o cofre dos programas alheios, afirmando ter descoberto a pólvora. O texto da MP não deixa a menor dúvida:
(…) programa de que trata o caput tem por finalidade a unificação dos procedimentos de gestão e execução das ações de transferência de renda do Governo Federal, especialmente as do Programa Nacional de Renda Mínima vinculado à Educação - “Bolsa Escola”, instituído pela Lei n.° 10.219, de 11 de abril de 2001, do Programa Nacional de Acesso à Alimentação - PNAA, criado pela Lei n.° 10.689, de 13 de junho de 2003, do Programa Nacional de Renda Mínima vinculado à Saúde - “Bolsa Alimentação”, instituído pela medida provisória n.° 2.206-1, de 6 de setembro de 2001, do Programa Auxílio-Gás, instituído pelo Decreto n.° 4.102, de 24 de janeiro de 2002, e do Cadastramento Único do Governo Federal, instituído pelo Decreto n.° 3.877, de 24 de julho de 2001.

Compreenderam? Bastaram sete meses para que o programa que impedia o trabalhador de fazer a sua rocinha virasse a salvação da lavoura de Lula. E os assistidos passariam a receber dinheiro vivo. Contrapartidas: que as crianças freqüentassem a escola, como já exigia o Bolsa Escola, e que fossem vacinadas, como já exigia o Bolsa Alimentação, que cobrava também que as gestantes fizessem o pré-natal! Esse programa era do Ministério da Saúde e foi implementado por Serra.

E qual passou a ser, então, o discurso de Lula?

Ora, Lula passou a atacar aqueles que diziam que programas de renda acomodavam os plantadores de macaxeira, tornando-os vagabundos, como se aquele não fosse rigorosamente o seu próprio discurso.

No dia 23 de março de 2005, em Cuiabá, atirava contra as pessoas supostamente contrárias ao Bolsa Família. Leiam e confrontem com o que ele próprio dizia em 2003:

Eu sei que tem gente que fala: “Não, mas esse presidente está com essa política do programa Fome Zero, do Bolsa Família, isso é proselitismo, isso é esmola.” Eu sei que tem gente que fala assim. Lógico, o cidadão que toma café de manhã, almoça e janta todo santo dia, para ele Bolsa Família não significa nada, ele não precisa. E ainda mais se ele puder fazer uma crítica a mim tomando uma Coca-Cola em um bar, um uísque ou uma cerveja. Agora, tem pessoas que, se a gente não der essa ajuda, não conseguem comer as calorias e as proteínas necessárias à vida humana. E se for uma criança de antes de seis anos de idade, nós sabemos que essa criança poderá ter o seu cérebro atrofiado e nunca mais se recuperar.

Quando eu vou parar de evidenciar as mistificações de Lula? Nunca! Quanto mais “popular” ele fica, mais considero este trabalho uma obrigação moral.

Por Reinaldo Azevedo

terça-feira, 19 de outubro de 2010

Com esse video elegemos o Serra...

Com esse video elegemos o Serra...


19 de Out. de 2010 com 260 Visualizações

Eleições

Prezados,

Esse material abaixo é OURO puro em nossas mãos... só precisamos saber utilizá-lo.

Peço-lhes o favor de ajudar na divulgação...

E olha, o Ciro não só falou que o Serra é melhor e mais capaz do que a Dilma... ele ataca o Lula, o PMDB, a estratégia etc.

Isso vindo do agora coordenador da Dilma lá no NE, logo lá, onde mais precisávamos de munição, pensem!!!

É o máximo da impostura e da incoerência...

É nitroglicerina pura se soubermos utilizar politicamente na conquista dos eleitores.

Está em nossas mãos e conto muito com vcs todos nessa tarefa.

Como bem diagnosticou uma amiga lá do FB (a Marilia), com esse vídeo, o Ciro elege o Serra!!!

Vejam o vídeo com a entrevista desse valente Ciro Gomes:

http://www.youtube.com/watch?v=Hac4mOUdkvE

Vamos acabar com isso .....

O discurso em que Lula afirma que Bolsa Família deixa o sujeito vagabundo

QUER CONFIRMAR.........http://www.miniweb.com.br/servicos/artigos_home/textos_reflexao/bolsa_familia.html




sábado, 16 de outubro de 2010

O discurso em que Lula afirma que Bolsa Família deixa o sujeito vagabundo

de Lula

Discurso

26/08/2010

O discurso em que Lula afirma que Bolsa Família deixa o sujeito vagabundo, sem vontade de plantar macaxeira!!! E a prova documental de quem foi o criador do programa

Como é mesmo? Segundo um novo Datafolha, a diferença entre Dilma e Serra oscilou para 20 pontos? Os petralhas não descansam nem de madrugada — creiam (devem ganhar bem!) — e anunciam que eu já perdi a eleição? Então eu vou lhes mostrar como me comporto em meio àqueles que já disputam o seu lugar à grama. E por que vou fazer o que segue? Por apreço à verdade. E porque, como escrevi naquele texto quanto estava em Dois Córregos, Corisco só se entrega na morte de parabelo na mão, hehe.

Ontem, na impressionante coleção de invencionices a que se entregou em cima do palanque, Lula afirmou que setores “elitistas” o criticaram por causa do Bolsa Família. Também é mentira. O único “elitista” contrário ao programa era… Lula!!! E dá para provar. Quando o Babalorixá chegou ao poder, inventou que o Brasil padecia de uma fome africana — que já havia sido superado havia duas décadas ao menos. E criou o natimorto programa Fome Zero, lembram-se? O que era mero golpe publicitário de Duda Mendonça virou estandarte do governo. Havia quatro programas de renda do governo FHC: Auxílio-Gás, Bolsa Alimentação, Bolsa Escola e Bolsa Renda. Lula os juntou depois e os chamou de Bolsa Família. Isso é história. Mas, antes de fazê-lo, falou muita bobagem. E depois também.

No dia 9 de abril de 2003, com o Fome Zero empacado, Lula fez um discurso no semi-árido nordestino, na presença de Ciro Gomes, em que disse com todas as letras que acreditava que os programas que geraram o Bolsa Família levavam os assistidos à vagabundagem. Querem ler? Pois não!

Eu, um dia desses, Ciro [Gomes, ministro da Integração Nacional], estava em Cabedelo, na Paraíba, e tinha um encontro com os trabalhadores rurais, Manoel Serra [presidente da Contag - Confederação Nacional dos Trabalhadores na Agricultura], e um deles falava assim para mim: “Lula, sabe o que está acontecendo aqui, na nossa região? O povo está acostumado a receber muita coisa de favor. Antigamente, quando chovia, o povo logo corria para plantar o seu feijão, o seu milho, a sua macaxeira, porque ele sabia que ia colher, alguns meses depois. E, agora, tem gente que já não quer mais isso porque fica esperando o ‘vale-isso’, o ‘vale-aquilo’, as coisas que o Governo criou para dar para as pessoas.” Acho que isso não contribui com as reformas estruturais que o Brasil precisa ter para que as pessoas possam viver condignamente, às custas do seu trabalho. Eu sempre disse que não há nada mais digno para um homem e para uma mulher do que levantar de manhã, trabalhar e, no final do mês ou no final da colheita, poder comer às custas do seu trabalho, às custas daquilo que produziu, às custas daquilo que plantou. Isso é o que dá dignidade. Isso é o que faz as pessoas andarem de cabeça erguida. Isso é o que faz as pessoas aprenderem a escolher melhor quem é seu candidato a vereador, a prefeito, a deputado, a senador, a governador, a presidente da República. Isso é o que motiva as pessoas a quererem aprender um pouco mais.

Notaram a verdade de suas palavras? A convicção profunda? Então…

No dia 27 de fevereiro de 2003, Lula já tinha mudando o nome do programa Bolsa Renda, que dava R$ 60 ao assistido, para “Cartão Alimentação”. Vocês devem se lembrar da confusão que o assunto gerou: o cartão serviria só para comprar alimentos?; seria permitido ou não comprar cachaça com ele?; o beneficiado teria de retirar tudo em espécie ou poderia pegar o dinheiro e fazer o que bem entendesse?

A questão se arrastou por meses. O tal programa Fome Zero, coitado!, não saía do papel. Capa de uma edição da revista Primeira Leitura da época: “O Fome Zero não existe”. A imprensa petista chiou pra chuchu.

No dia 20 de outubro, aquele mesmo Lula que acreditava que os programas de renda do governo FHC geravam vagabundos, que não queriam mais plantar macaxeira, fez o quê? Editou uma Medida Provisória e criou o Bolsa Família? E o que era o Bolsa Família? A reunião de todos os programas que ele atacara em um só. Assaltava o cofre dos programas alheios, afirmando ter descoberto a pólvora. O texto da MP não deixa a menor dúvida:

(…) programa de que trata o caput tem por finalidade a unificação dos procedimentos de gestão e execução das ações de transferência de renda do Governo Federal, especialmente as do Programa Nacional de Renda Mínima vinculado à Educação - “Bolsa Escola”, instituído pela Lei n.° 10.219, de 11 de abril de 2001, do Programa Nacional de Acesso à Alimentação - PNAA, criado pela Lei n.° 10.689, de 13 de junho de 2003, do Programa Nacional de Renda Mínima vinculado à Saúde - “Bolsa Alimentação”, instituído pela medida provisória n.° 2.206-1, de 6 de setembro de 2001, do Programa Auxílio-Gás, instituído pelo Decreto n.° 4.102, de 24 de janeiro de 2002, e do Cadastramento Único do Governo Federal, instituído pelo Decreto n.° 3.877, de 24 de julho de 2001.

Compreenderam? Bastaram sete meses para que o programa que impedia o trabalhador de fazer a sua rocinha virasse a salvação da lavoura de Lula. E os assistidos passariam a receber dinheiro vivo. Contrapartidas: que as crianças freqüentassem a escola, como já exigia o Bolsa Escola, e que fossem vacinadas, como já exigia o Bolsa Alimentação, que cobrava também que as gestantes fizessem o pré-natal! Esse programa era do Ministério da Saúde e foi implementado por Serra.

E qual passou a ser, então, o discurso de Lula?

Ora, Lula passou a atacar aqueles que diziam que programas de renda acomodavam os plantadores de macaxeira, tornando-os vagabundos, como se aquele não fosse rigorosamente o seu próprio discurso.

No dia 23 de março de 2005, em Cuiabá, atirava contra as pessoas supostamente contrárias ao Bolsa Família. Leiam e confrontem com o que ele próprio dizia em 2003:

Eu sei que tem gente que fala: “Não, mas esse presidente está com essa política do programa Fome Zero, do Bolsa Família, isso é proselitismo, isso é esmola.” Eu sei que tem gente que fala assim. Lógico, o cidadão que toma café de manhã, almoça e janta todo santo dia, para ele Bolsa Família não significa nada, ele não precisa. E ainda mais se ele puder fazer uma crítica a mim tomando uma Coca-Cola em um bar, um uísque ou uma cerveja. Agora, tem pessoas que, se a gente não der essa ajuda, não conseguem comer as calorias e as proteínas necessárias à vida humana. E se for uma criança de antes de seis anos de idade, nós sabemos que essa criança poderá ter o seu cérebro atrofiado e nunca mais se recuperar.

Quando eu vou parar de evidenciar as mistificações de Lula? Nunca! Quanto mais “popular” ele fica, mais considero este trabalho uma obrigação moral.

Por Reinaldo Azevedo

quarta-feira, 13 de outubro de 2010

CANDIDATA À PRESIDÊNCIA PROCESSA O BRASIL.

CANDIDATA À PRESIDÊNCIA PROCESSA O BRASIL.

Por favor, não fiquem pensando mal da Da. Dilma, porque ela é boa gente e tem um bom coração. Essa bolada que ela vai receber, com certeza será doada ao Bolsa Família para ajudar os pobres que foram esquecidos durante os governos anteriores.

Repasse sem moderação, afinal o 2º Turno está aí mesmo!

Garanto que esse absurdo você não sabia. Apenas mais uma para se indignar. É ASSIM QUE ELA AMA O BRASIL , DO QUAL QUER SE APODERAR! VOCE VAI PERMITIR....

Recebi a mensagem abaixo e fui conferir para ver se havia um SITE OFICIAL, e se lá estava o processo da DILMA.

EXISTEM: TANTO O SITE COMO O PROCESSO.

LÁ VAI O LINK:

Se quiser confirmar, clique nesse link http://portal.mj.gov.br/anistia/data/Pages/MJDC5E093DPTBRNN.htm e coloque o número do processo 2002.01.13016 (sem os pontos) ou o nome Dilma Vana Rousseff

VEJA QUANTO DILMA ESTÁ PEDINDO NA BOLSA GUERRILHA

A candidata Dilma Rousseff (PT) está movendo um processo contra o Estado brasileiro.

Ela está requerendo indenização pelos tempos em que militou na guerrilha armada, tentando implantar o comunismo no Brasil.

Enquanto esteve na guerrilha, o grupo guerrilheiro do qual participava ativamente assassinou soldados, praticou atentados à bomba, roubou cofres, sequestrou.

Desde 2002, Dilma está processando o Estado.

O processo já teve 23 movimentações.

Agora chegou ao gabinete do Presidente Lula.É importante saber quanto a Dilma quer ganhar. Especialmente neste momento em que o TCU está disposto a revisar os verdadeiros absurdos cometidos na distribuição da bolsa guerrilha.

Lula ganha perto de 5 mil mensais por ter passado 30 dias na prisão, assediando o menino do MEP e pedindo pizza para o jantar.

Não perdeu o emprego porque já não trabalhava, já era pelego do sindicato.

Quanto será que a Dilma está querendo faturar em cima dos impostos que nós pagamos?

Quanto será que ela está pedindo?

É uma boa pauta para os jornalistas ou para o que ainda resta deles.

Quem pergunta?

Os cofres públicos agradecem.

Apenas para lembrar: Serra, (gostem ou não dele) nunca pegou em armas contra os seus irmãos brasileiros, esteve exilado durante vários anos, onde estudou e trabalhou e nunca pediu um centavo.

A verdade deve ser dita.

Apenas para lembrar, a escolha é sua!

REPASSANDO............


Assunto: FW: Pivô das denúncias envolve PSDB no “mensalão do DEM”

FONTE: http://www.joildo.net/artigos/pivo-das-denuncias-envolve-psdb-no-mensalao-do-dem/


FERNANDA ODILLA

DA SUCURSAL DE BRASÍLIA


Pivô das denúncias do “mensalão do DEM”, o ex-secretário de Relações Institucionais do Distrito Federal Durval Barbosa acusa o PSDB de também participar do esquema de caixa dois que teria sido montado pelo governador José Roberto Arruda (DEM) durante a campanha eleitoral de 2006.

Quem atuou pelos tucanos na coleta de propina e distribuição do dinheiro a aliados políticos, segundo Barbosa, foi o próprio presidente da legenda no DF, Márcio Machado.

Filiado ao PSDB há 14 anos, Machado assumiu a Secretaria de Obras do governo do DF quando Arruda tomou posse. Ele era cotado para ser candidato ao Senado na chapa que uniria DEM, PSDB e PMDB.

À Polícia Federal, o ex-secretário Barbosa afirmou que Arruda irrigou sua campanha com dinheiro de empresas fornecedoras do governo. Teriam sido arrecadados ilegalmente de 2004 a 2006 R$ 56,5 milhões em contratos da Codeplan (Companhia do Desenvolvimento do Planalto Central), empresa do governo então sob comando de Barbosa.

Em depoimento ao Ministério Público do DF, em 16 de setembro, Barbosa disse que o presidente do PSDB-DF ia às vezes até a sua casa para tratar do dinheiro da propina. O ex-secretário mencionou aos promotores três pagamentos supostamente feitos pelo tucano: R$ 6 milhões para o deputado Benedito Domingos (PP); R$ 200 mil para Adalberto Monteiro, presidente local do PRP; e R$ 100 mil para Omar Nascimento, que comanda o diretório regional do PTC.

“Foram entregues outros tantos [reais] a partidos ainda menores”, disse Barbosa. Segundo ele, o dinheiro vinha de empresas de informática.

O presidente do PSDB nega as acusações. Disse que atuou “como amigo” de Arruda na campanha. Em 2006, Machado havia se licenciado do PSDB para apoiar Arruda porque a tucana Maria de Lourdes Abadia resolvera tentar a reeleição.

A Executiva Nacional do PSDB se reúne hoje para avaliar se deixa ou não o governo do DF. Além de Machado, é filiado ao partido o irmão de Barbosa, o deputado distrital Milton Barbosa.

Até sexta-feira secretário de Relações Institucionais, Barbosa passou a colaborar em setembro com a Justiça e chegou a gravar, em 21 de outubro passado, uma conversa com Arruda em que o assunto era supostamente a partilha de propina.

Após o depoimento ao Ministério Público, Barbosa prestou uma série de informações à PF. Disse que o esquema de captação de propina em 2006 continuou com Arruda no cargo de governador. O dinheiro, segundo ele, era usado para comprar apoio de deputados da “base aliada”, o que passou a ser chamado de “mensalão” do DEM.

O ex-colaborador de Arruda afirmou que pegava o dinheiro e entregava, por ordem do governador, as seguintes quantias: R$ 50 mil por mês a Leonardo Prudente (DEM), presidente da Câmara Legislativa, e mais R$ 30 mil, cada, para os deputados Júnior Brunelli (PSC), Benício Tavares (PMDB), Eurides Brito (PMDB) e a mesma quantia para o ex-deputado Odilon Aires.

Com base nos depoimentos e gravações de vídeo, a PF deflagrou na sexta-feira passada a Operação Caixa de Pandora, que cumpriu 16 mandados de busca e apreensão em gabinetes de deputados, em empresas e em um anexo da residência oficial do governador.


Leia mais: http://www.joildo.net/artigos/pivo-das-denuncias-envolve-psdb-no-mensalao-do-dem/#ixzz12WsGAr7T

sábado, 16 de outubro de 2010

o depoimento dessa Cidadã Brasileira, que espelha a nossa atual governança em nosso país;

 Solicito que leia até o final o depoimento dessa Cidadã Brasileira, que espelha a nossa atual governança em nosso país; e depois vc tome vossa decisão em 31 Out. Depois não adianta "chorar o leite derramado". A decidão é tua!!!!!


























































ELOGIO DA VAGABUNDAGEM











Martha de Freitas Azevedo Pannunzio – CPF 394172806-78 - Uberlândia, 30/set../2010 - é escritora, professora,









mãe do jornalista Fábio Pannunzio.... muito bem

Eu tenho bronca do presidente, sim. Antes não tinha. Achava-o apenas sujo, mal lavado, ignorante, boçal, troglodita, inconveniente, atrevido, insolente, mentiroso etc. etc. etc., porém eu punha estas arestas na conta de sua biografia e mudava de canal. Não conseguia compreender como nem por quê a CNBB, a OAB e uma parte da imprensa incensavam aquela pessoa e a transformavam num mito. Quando estourou o caso LURIAN eu acrescentei no meu caderninho: irresponsável. Um dia Leonel Brizola, derrotado no primeiro turno de uma eleição presidencial, em face da ameaça da eleição de Collor, preconizou o voto útil e mandou que a militância do PDT tapasse o nariz e votasse no sapo barbudo. Eu era presidente do PDT de Uberlândia e admirava Brizola, mas não consegui atender ao seu pedido. A caricatura do sapo barbudo ficou para sempre desenhada no seu portfolio político. Indelével. Num País de grande oradores políticos, aquele exaltado cidadão era apenas um ator da comédia bufa que sabia de cor duas ou três frases de efeito. A informação “aposentado por invalidez” por causa do dedo mindinho sempre me pareceu intriga da direita e eu nunca a apurei. Apenas anotei no meu caderninho, mais uma vez, o fato curioso de ele estar sempre desocupado. Eu havia repassado 300 alunos por dia, dobrando turno na escola estadual de MG, durante 32 anos, para chegar a uma aposentadoria menor do que um salário mínimo. De onde saíra aquele Messias fabricado?
O tempo não só confirmou o que eu pensava como, infelizmente, acrescentou outras considerações desabonadoras. Investido do cargo e dos poderes inerentes e decorrentes do cargo, ele botou as unhas de fora e se revelou por inteiro. Lerdo, esquecido, cego, mudo, mal acompanhado, arrogante, intrometido, globe-trotter contumaz e exigente, inconveniente, inoportuno, desrespeitoso, metido a engraçado, mal assessorado nos assuntos internos e externos, ele foi dizendo patacoadas que caíram na alma da gigantesca camada de brasileiros e brasileiras pobres de grana e pobres de espírito. Estes cidadãos, das camadas de E a Z, se contentaram com cestas, bolsas, vales, tíquetes, esmolas, enfeitadas com bandeiras, marchas messiânicas, quebra-quebra, invasões, saques, desordem generalizada. O cargo lhe deu imunidade e impunidade e ele, generoso, repassou estes benefícios aos desordeiros e aos amigos mais próximos.

Estamos vivendo tempos modernos, preocupantes. Nos últimos cinco anos eu, que não sou ninguém no contexto nacional, viúva, acumulo treze BOs (Boletins de Ocorrência Policial ) com registro de assaltos a mão armada e grandes prejuízos materiais na minha pequena fazenda em Uberlândia, onde resido. Pago/jogo fora, mais de 50% do movimento da minha atividade, para cumprir as exigências da escorchante carga tributária do atual governo. Eu era classe média, agora não sei mais o que sou. E, o que é pior, não tenho sossego para viver nem trabalhar. Nem eu nem meus companheiros de atividade agropecuária. Em nome da reforma agrária uma grande baderna tomou conta da zona rural e ensejou a formação de gangues intocáveis, mantidas com rubricas polpudas de dinheiro público. O documento cartorial de propriedade privada perdeu a validade. O governo inventou índices inatingíveis de produtividade para configurar a improdutividade da terra e justificar o vandalismo dos seus apaniguados. E deixou a abóbora alastrar.

A corte da saparia coacha alto, voa pelo mundo numa suntuosa aeronave presidencial, mete a colher de pau onde não foi chamada, conta piada, faz sucesso no exterior, entretanto não sabe qual é o estoque regulador de alimentos de que dispomos. Não é capaz de mapear a produção. Não nos garante preço mínimo. Não cuida das estradas nem dos portos e aeroportos e vende mal nossas super safras de tudo, nossos minérios, nossos quilowatts de energia hidrelétrica limpa e não renovável.


Nos últimos anos o Brasil conheceu a desesperadora realidade do desemprego. Chegamos a crescer abaixo de ZERO. Quem estava empregado, caiu na informalidade. As estradas estão repletas de acampamentos de sem-terra. Invadem à-toa, apenas para vender aquele chão que nada lhes custou e depois invadir outra propriedade, para vendê-la também. É a Imobiliária MST-MLST, especialista em assentamento improdutivo, parceira e tutelada pelo INCRA desde a primeira invasão. São párias sociais, abandonados. Sem agrônomos, sem sementes, sem mandalas, sem carteira assinada, sem financiamento, vivendo de bicos e de pequenos delitos na vizinhança. Nas horas vagas engrossando o contingente de invasores em novas propriedades. Eu nunca ouvi o presidente dizer uma palavra a respeito desta conflagração nacional.

Neste momento a carteira de trabalho se tornou dispensável no Brasil, sabe por quê? Porque o emprego estável prejudica o recebimento da bolsa-esmola. O presidente milagroso catapultou 34 milhões (?) de miseráveis e, com dez quilos de arroz e um quilo de fubá, os instalou na classe média. Agora a candidata chapa-branca promete erradicar o restante da pobreza em quatro anos. É um delírio!
São oito anos de caos moral e ético no País. Nada completamente novo, que o Brasil nunca tivesse praticado. Aliás nossa história política tem raros momentos de decência e escassos cidadãos ilibados. O fato novo é a escancarada intervenção do presidente em defesa de sua gangue, vociferando contra a imprensa, a justiça, o congresso, a Constituição, a sociedade civil organizada. E agora, no apagar das luzes, ei-lo travestido de garoto-propaganda em tempo integral, usando com naturalidade todos os mecanismos do governo para empurrar goela abaixo uma candidata que não tem luz própria, nem é petista, que ouviu a galinha cantar, mas não sabe cadê o ovo. Uma gordinha inimiga das instituições desde quando era de-menor. Bonitinha, é verdade, mas beleza não põe mesa.


Uma campanha messiânica começa a rotular a pupila do Sr. Presidente com o codinome de MÃE. Aí já é demais! O desconfiômetro deles pulou a janela e virou a esquina. Nem daqui a 50 anos o Brasil conseguirá limpar da alma do nosso povo esta nódoa maligna de conformismo raivoso e vingativo que o sapo barbudo impingiu na alma das camadas E a Z. Alguém deles leu O PRÍNCIPE, de Maquiavel. Com certeza.

Antes havia pobres por aqui. Milhares. Miseráveis. Porém eles aspiravam a uma superação pessoal. Hoje eles se acomodaram, cruzaram os braços. Esperam que tudo lhes caia do céu. As cotas universitárias revitalizaram o apartheid. Ao invés de injetar recurso no ensino público, a máquina de sedução que vira voto criou o PRO UNI e fez proliferar as faculdades medíocres. Num país sem planejamento familiar, a juventude superlota os presídios. A guerra fratricida faz trincheira em cada esquina. A classe A levanta as muralhas de seus condomínios fechados. A classe média paga imposto deduzido na fonte, tem plano de saúde e previdência privada. Viver ficou perigoso demais. Caro demais. O resto são 70% de brasileiros e brasileiras ingênuos que caíram no mais moderno conto do vigário: o do marketing político institucional. A estes lhes bastam, hoje, como na Roma Antiga, migalhas de pão e algum futebol, já que o circo também morreu.

Hoje eles se acomodaram Brizola jamais poderia suspeitar que ele faria do caçador de marajás seu líder no senado. Que o tesouro nacional acumularia montanhas de dólares obtidos de alíquotas e das taxas de juros mais altas do mundo. Hoje eles se acomodaram. Que a rede bancária nacional e internacional iriam ao paraíso. Que a poupança renderia 0,65% e os cartões de crédito chegariam a cobrar 12% ao mês, capitalizados, claro, o que dá nada menos de 389,59% ao ano...Quando menor a renda do financiado, maior o percentual de juros cobrado. O acesso da classe mais baixa ao crédito, portanto, só fez por aumentar os lucros fabulosos das financeiras, administradoras de crédito e demais sócios do clube da agiotagem consentida pelo poderoso goiano Meireles e seu Banco Central.

Cinquenta anos para consertar esta mentira política talvez não sejam suficientes. Por tudo isto é que no dia 31 de outubro temos que comparecer em nossa sessão eleitoral e dizer um rotundo NÃO ao sapo barbudo. Se não for para ganhar a eleição, que seja para saber com certeza quantos somos, nós, que não perdemos a lucidez nem caímos no conto do vigário apregoado por um sapo que virou príncipe e que, de dentro do seu palácio e da sua nave espacial ultra sofisticada, fez, despudoradamente, dia após dia durante oito anos, O ELOGIO DA VAGABUNDAGEM.

Martha de Freitas Azevedo Pannunzio – CPF 394172806-78 - Uberlândia, 30/set../2010

O discurso em que Lula afirma que Bolsa Família deixa o sujeito vagabundo

Discurso de Lula
26/08/2010

O discurso em que Lula afirma que Bolsa Família deixa o sujeito vagabundo, sem vontade de plantar macaxeira!!! E a prova documental de quem foi o criador do programa
Como é mesmo? Segundo um novo Datafolha, a diferença entre Dilma e Serra oscilou para 20 pontos? Os petralhas não descansam nem de madrugada — creiam (devem ganhar bem!) — e anunciam que eu já perdi a eleição? Então eu vou lhes mostrar como me comporto em meio àqueles que já disputam o seu lugar à grama. E por que vou fazer o que segue? Por apreço à verdade. E porque, como escrevi naquele texto quanto estava em Dois Córregos, Corisco só se entrega na morte de parabelo na mão, hehe.

Ontem, na impressionante coleção de invencionices a que se entregou em cima do palanque, Lula afirmou que setores “elitistas” o criticaram por causa do Bolsa Família. Também é mentira. O único “elitista” contrário ao programa era… Lula!!! E dá para provar. Quando o Babalorixá chegou ao poder, inventou que o Brasil padecia de uma fome africana — que já havia sido superado havia duas décadas ao menos. E criou o natimorto programa Fome Zero, lembram-se? O que era mero golpe publicitário de Duda Mendonça virou estandarte do governo. Havia quatro programas de renda do governo FHC: Auxílio-Gás, Bolsa Alimentação, Bolsa Escola e Bolsa Renda. Lula os juntou depois e os chamou de Bolsa Família. Isso é história. Mas, antes de fazê-lo, falou muita bobagem. E depois também.

No dia 9 de abril de 2003, com o Fome Zero empacado, Lula fez um discurso no semi-árido nordestino, na presença de Ciro Gomes, em que disse com todas as letras que acreditava que os programas que geraram o Bolsa Família levavam os assistidos à vagabundagem. Querem ler? Pois não!

Eu, um dia desses, Ciro [Gomes, ministro da Integração Nacional], estava em Cabedelo, na Paraíba, e tinha um encontro com os trabalhadores rurais, Manoel Serra [presidente da Contag - Confederação Nacional dos Trabalhadores na Agricultura], e um deles falava assim para mim: “Lula, sabe o que está acontecendo aqui, na nossa região? O povo está acostumado a receber muita coisa de favor. Antigamente, quando chovia, o povo logo corria para plantar o seu feijão, o seu milho, a sua macaxeira, porque ele sabia que ia colher, alguns meses depois. E, agora, tem gente que já não quer mais isso porque fica esperando o ‘vale-isso’, o ‘vale-aquilo’, as coisas que o Governo criou para dar para as pessoas.” Acho que isso não contribui com as reformas estruturais que o Brasil precisa ter para que as pessoas possam viver condignamente, às custas do seu trabalho. Eu sempre disse que não há nada mais digno para um homem e para uma mulher do que levantar de manhã, trabalhar e, no final do mês ou no final da colheita, poder comer às custas do seu trabalho, às custas daquilo que produziu, às custas daquilo que plantou. Isso é o que dá dignidade. Isso é o que faz as pessoas andarem de cabeça erguida. Isso é o que faz as pessoas aprenderem a escolher melhor quem é seu candidato a vereador, a prefeito, a deputado, a senador, a governador, a presidente da República. Isso é o que motiva as pessoas a quererem aprender um pouco mais.

Notaram a verdade de suas palavras? A convicção profunda? Então…

No dia 27 de fevereiro de 2003, Lula já tinha mudando o nome do programa Bolsa Renda, que dava R$ 60 ao assistido, para “Cartão Alimentação”. Vocês devem se lembrar da confusão que o assunto gerou: o cartão serviria só para comprar alimentos?; seria permitido ou não comprar cachaça com ele?; o beneficiado teria de retirar tudo em espécie ou poderia pegar o dinheiro e fazer o que bem entendesse?

A questão se arrastou por meses. O tal programa Fome Zero, coitado!, não saía do papel. Capa de uma edição da revista Primeira Leitura da época: “O Fome Zero não existe”. A imprensa petista chiou pra chuchu.

No dia 20 de outubro, aquele mesmo Lula que acreditava que os programas de renda do governo FHC geravam vagabundos, que não queriam mais plantar macaxeira, fez o quê? Editou uma Medida Provisória e criou o Bolsa Família? E o que era o Bolsa Família? A reunião de todos os programas que ele atacara em um só. Assaltava o cofre dos programas alheios, afirmando ter descoberto a pólvora. O texto da MP não deixa a menor dúvida:

(…) programa de que trata o caput tem por finalidade a unificação dos procedimentos de gestão e execução das ações de transferência de renda do Governo Federal, especialmente as do Programa Nacional de Renda Mínima vinculado à Educação - “Bolsa Escola”, instituído pela Lei n.° 10.219, de 11 de abril de 2001, do Programa Nacional de Acesso à Alimentação - PNAA, criado pela Lei n.° 10.689, de 13 de junho de 2003, do Programa Nacional de Renda Mínima vinculado à Saúde - “Bolsa Alimentação”, instituído pela medida provisória n.° 2.206-1, de 6 de setembro de 2001, do Programa Auxílio-Gás, instituído pelo Decreto n.° 4.102, de 24 de janeiro de 2002, e do Cadastramento Único do Governo Federal, instituído pelo Decreto n.° 3.877, de 24 de julho de 2001.

Compreenderam? Bastaram sete meses para que o programa que impedia o trabalhador de fazer a sua rocinha virasse a salvação da lavoura de Lula. E os assistidos passariam a receber dinheiro vivo. Contrapartidas: que as crianças freqüentassem a escola, como já exigia o Bolsa Escola, e que fossem vacinadas, como já exigia o Bolsa Alimentação, que cobrava também que as gestantes fizessem o pré-natal! Esse programa era do Ministério da Saúde e foi implementado por Serra.

E qual passou a ser, então, o discurso de Lula?

Ora, Lula passou a atacar aqueles que diziam que programas de renda acomodavam os plantadores de macaxeira, tornando-os vagabundos, como se aquele não fosse rigorosamente o seu próprio discurso.

No dia 23 de março de 2005, em Cuiabá, atirava contra as pessoas supostamente contrárias ao Bolsa Família. Leiam e confrontem com o que ele próprio dizia em 2003:

Eu sei que tem gente que fala: “Não, mas esse presidente está com essa política do programa Fome Zero, do Bolsa Família, isso é proselitismo, isso é esmola.” Eu sei que tem gente que fala assim. Lógico, o cidadão que toma café de manhã, almoça e janta todo santo dia, para ele Bolsa Família não significa nada, ele não precisa. E ainda mais se ele puder fazer uma crítica a mim tomando uma Coca-Cola em um bar, um uísque ou uma cerveja. Agora, tem pessoas que, se a gente não der essa ajuda, não conseguem comer as calorias e as proteínas necessárias à vida humana. E se for uma criança de antes de seis anos de idade, nós sabemos que essa criança poderá ter o seu cérebro atrofiado e nunca mais se recuperar.

Quando eu vou parar de evidenciar as mistificações de Lula? Nunca! Quanto mais “popular” ele fica, mais considero este trabalho uma obrigação moral.

Por Reinaldo Azevedo

Fonte: Veja online

quarta-feira, 13 de outubro de 2010

CANDIDATA À PRESIDÊNCIA PROCESSA O BRASIL.

CANDIDATA À PRESIDÊNCIA PROCESSA O BRASIL.
Por favor, não fiquem pensando mal da Da. Dilma, porque ela é boa gente e tem um bom coração. Essa bolada que ela vai receber, com certeza será doada ao Bolsa Família para ajudar os pobres que foram esquecidos durante os governos anteriores.

Repasse sem moderação, afinal o 2º Turno está aí mesmo!

Garanto que esse absurdo você não sabia. Apenas mais uma para se indignar. É ASSIM QUE ELA AMA O BRASIL , DO QUAL QUER SE APODERAR! VOCE VAI PERMITIR....


Recebi a mensagem abaixo e fui conferir para ver se havia um SITE OFICIAL, e se lá estava o processo da DILMA.

EXISTEM: TANTO O SITE COMO O PROCESSO.



LÁ VAI O LINK:

Se quiser confirmar, clique nesse link http://portal.mj.gov.br/anistia/data/Pages/MJDC5E093DPTBRNN.htm e coloque o número do processo 2002.01.13016 (sem os pontos) ou o nome Dilma Vana Rousseff

VEJA QUANTO DILMA ESTÁ PEDINDO NA BOLSA GUERRILHA

A candidata Dilma Rousseff (PT) está movendo um processo contra o Estado brasileiro.

Ela está requerendo indenização pelos tempos em que militou na guerrilha armada, tentando implantar o comunismo no Brasil.

Enquanto esteve na guerrilha, o grupo guerrilheiro do qual participava ativamente assassinou soldados, praticou atentados à bomba, roubou cofres, sequestrou.

Desde 2002, Dilma está processando o Estado.

O processo já teve 23 movimentações.

Agora chegou ao gabinete do Presidente Lula.É importante saber quanto a Dilma quer ganhar. Especialmente neste momento em que o TCU está disposto a revisar os verdadeiros absurdos cometidos na distribuição da bolsa guerrilha.

Lula ganha perto de 5 mil mensais por ter passado 30 dias na prisão, assediando o menino do MEP e pedindo pizza para o jantar.

Não perdeu o emprego porque já não trabalhava, já era pelego do sindicato.

Quanto será que a Dilma está querendo faturar em cima dos impostos que nós pagamos?

Quanto será que ela está pedindo?

É uma boa pauta para os jornalistas ou para o que ainda resta deles.

Quem pergunta?

Os cofres públicos agradecem.

Apenas para lembrar: Serra, (gostem ou não dele) nunca pegou em armas contra os seus irmãos brasileiros, esteve exilado durante vários anos, onde estudou e trabalhou e nunca pediu um centavo.

A verdade deve ser dita.

Apenas para lembrar, a escolha é sua!

Medida Provisória 2215/01

Meus companheiros,
Volta a pedir o que segue abaixo. De um voto de confiança.


ASSINEM, QUEM SABE DARÁ ALGUM RESULTADO - NÃO CUSTA NADA TENTAR. ...


http://www.abaixoassinado.org/abaixoassinados/4335.

Governo enrola as famílias dos mortos no Haiti

Governo enrola as famílias dos mortos no Haiti

Dez meses após a cerimônia fúnebre na Base Aérea de Brasília, de 21 de janeiro, quando o presidente elogiou em discurso os “destemidos brasileiros” mortos durante o terremoto do Haiti, as famílias dos dezoito militares ainda não receberam um só centavo da prometida indenização de R$ 500 mil para cada uma delas, tampouco a bolsa-educação de R$ 510,00 para dependentes em idade escolar. Lula prometeu em janeiro amparar as famílias, mas só em 5 de agosto enviou projeto ao Congresso, e não medida provisória, como anunciou.

Familiares de nove dos heróis mortos acionaram na 15ª Vara Federal, em Brasília, a seguradora e a Fundação Habitacional do Exército. Enquanto para fazer média com a “cumpanherada” o presidente Lula agilizou doações em dinheiro para Cuba, Bolívia, Equador e Paraguai. E mandou US$ 25 milhões aos palestinos.

(Cláudio Humberto, 13/10/2010).

REALIZAÇÕES DO GOVERNO LULA

REALIZAÇÕES DO GOVERNO LULA




1) A MENOR TAXA DE CRESCIMENTO (2,3%) DA AMÉRICA DO SUL E A SEGUNDA
MENOR DA AMÉRICA (SÓ GANHA DO HAITI). TAXA DE CRESCIMENTO MENOR QUE
TODOS OS PAÍSES EMERGENTES E METADE DA MÉDIA MUNDIAL ;

2) TAXA DE CRESCIMENTO 47% MENOR QUE NOS PRIMEIROS ANOS DO GOVERNO FHC
E IGUAL A MÉDIA DOS OITO ANOS DO GOVERNO FHC(LEVANDO-SE EM COMPARAÇÃO
QUE FHC ENFRENTOU 5 (CINCO) CRISES INTERNACIONAIS - MÉXICO, ÁSIA, RÚSSIA, 11 DE SETEMBRO E ARGENTINA);

3) LUCRO DOS BANCOS EM 3 ANOS DO GOVERNO LULA (44,12 BILHÕES) É MAIOR DO QUE TODO O LUCRO DOS BANCOS EM 8 ANOS DO GOVERNO FHC (35,9 BILHÕES)!;

4) A DÍVIDA INTERNA SUPEROU O VALOR DE 1 TRILHÃO DE REAIS;

5) A MAIOR TAXA DE JUROS REAL DO PLANETA, POR ISTO A FESTA DOS BANCOS;

6) A CARGA TRIBUTÁRIA CRESCEU EM MAIS 3 PONTOS PERCENTUAIS DO PIB, SUFOCANDO AS EMPRESAS;

7) A EXPLOSÃO DOS GASTOS PÚBLICOS - comparação entre os últimos três anos do governo Fernando Henrique Cardoso com os primeiros três anos de Lula em valores corrigidos pelo IPCA, a soma de gastos de Lula dispara;

A SAFRA AGRÍCOLA EM TONELADAS DE GRÃOS REDUZIU-SE ENTRE 2004 E 2005;

9) OS GASTOS SUNTUÁRIOS DO PALÁCIO DO PLANALTO DISPARARAM, DOBRANDO EM RELAÇÃO AO PERÍODO FHC. OS CARTÕES CORPORATIVOS DA PRESIDÊNCIA FAZEM A FESTA DO PRESIDENTE E SUA ENTOURAGE;

10)A FEBRE AFTOSA VOLTOU COM FORÇA TOTAL AO BRASIL;

11) A TAXA DE CÂMBIO ESTÁ MAIS VALORIZADA DO QUE NA ÉPOCA DO GUSTAVO FRANCO, GERANDO IMPORTAÇÕES DE LUXO E PERDA PARA O SETOR AGROPECUÁRIO;

12) O LUCRO DAS EPRESAS ESTATAIS, TÃO COMEMORADO, ESTÁ INDO PARA FINANCIAR O SUPERÁVIT PRIMÁRIO;

13) O INVESTIMENTO EM ESTRADAS CAIU AO NÍVEL MÍNIMO LEVANDO A CHAMADA OPERAÇÃO TAPA-BURACOS, O MAIOR PROGRAMA DE CONTRATAÇÃO DE EMPRESAS SEM
LICITAÇÃO DESDE O COLLOR;

14) A RENDA PER CAPITA CRESCEU MENOS 0,8% EM 2005;

15) OS EMPREGOS CRIADOS ESTÃO LONGE DO QUE FOI PROMETIDO NA CAMPANHA DE 2002;

16) OS GASTOS EM PUBLICIDADE EM DOIS MESES DE 2006 CRESCERAM MAIS DE 60%;

17) OS INVESTIMENTOS EM INFRA-ESTRUTURA FORAM PRATICAMENTE ZERO;

18) A CRIMINALIDADE CRESCEU ASSUSTADORAMENTE;

19) ESTA USANDO O PROGRAMA BOLSA FAMÍLIA UNICAMENTE COMO CAMPANHA

POLÍTICA; (O presidente da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), cardeal-arcebispo D. Geraldo Majella Agnelo, afirmou nesta quinta-feira que o Bolsa Família é um programa assistencialista. "Quem
está com fome deve receber seu alimento, mas não ficar assim, sendo estimulado a não fazer nada, ganhando R$ 60, R$ 80 por mês. Dê trabalho para todos", disse, assinalando que se programas como o Bolsa Família são "politicalha" para ganhar votos "é claro que não posso louvar". );

20) Pensa que é o maior estadista do mundo, vive passeando no brinquedinho AEROLULLA;

21) NÃO SABE DE NADA DO QUE ESTÁ ACONTECENDO NO SEU GOVERNO... NEM NO PT !?!?;

22) FECHA OS OLHOS PARA AS INVASÕES BRUTAIS DO MST;

23) FARSA DA QUITAÇÃO DA DÍVIDA COM O FMI - O BRASIL ELIMINOU EMPRÉSTIMOS EM DÓLARES, A JUROS BARATOS de 6 a 7 % a.a. E TROCOU POR OUTROS EM REAIS, COM JUROS EXORBITANTES DE 18% a.a.

ENQUANTO ISTO: O FILHO DO PRESIDENTE, LULINHA, DE BIÓLOGO PASSOU A GRANDE EMPRESÁRIO GANHANDO 5 MILHÕES DE PRESENTE DA TELEMAR. O MAIOR "CASE" DE SUCESSO EMPRESARIAL JÁ VISTO NO MUNDO; E OS DEPUTADOS MENSALEIROS CONTINUAM RECEBENDO A PROTEÇÃO DO PT E O SILÊNCIO DO PRESIDENTE.
CHEGA DE LULA!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!




LISTINHA DE SAFADEZAS DO GOVERNO LULLA!





1) Correios





2) IRB





3) Portugal Telecom





4) Leão & Leão (República de Ribeirão)





5) Celso Daniel com morte de 7 testemunhas (até agora)





6) Interbrazil





7) Cartões de crédito corporativos da presidência





8)Farra com o fundo partidário





9) Daniel Dantas





10) Toninho da Barcelona





11) Toninho de Campinas





12) Duda Mendonça





13) Mensalão





14) Waldomiro Diniz





15) Fundos de pensão e o Marcelo Sereno





16) Gushiken





17) Gilberto Carvalho





1 Juscelino Dourado





19) José Dirceu





20) Delúbio





21) Roberto Teixeira





22) Bebedeiras do presidente





23) Aerolula





24) FARC





25) Baltazar (armas RJ)





26) Osasco





27) Foro de São Paulo





2 ONG Ágora





29) Miro Teixeira





30) INSS RJ





31) Palocci 1 e Palocci 2





32) Furnas





33) Paulo Okamoto e SEBRAE





34) Cueca dos dólares e João Adalberto





35) Firma do Lulinha





36) Citibank





37) Luís Favre, aliás Felipe Belisario, contas no Caribe, esquema da





Martaxa, emprego no Duda 3 Severino





39) Jeany Mary Corner





40) Casa da Moeda e seu presidente





41) Ciro Gomes e seu secretário





42) Passeio da cadelinha Michelle em carro oficial





43) Passeio da Benedita da Silva em Buenos Aires





44) Trevisan





45) Manuel Dutra





46) Glenio Guedes





47) Anderson Adauto





4 Paulo Pimenta e o seu dossiê fajuto





49) Pororoca





50) David Messer





51) Boa idéia: Lula





52) Passeio de Boeing dos filhos do Lula





53) Marta e o esquema do lixo em São Paulo





54) Esquema do lixo em todas as demais prefeituras (Ribeirão, Matão...)





55) Esquema do Bingo





56) Esquema dos ônibus





57) Grana ilegal para o MST, UNE, UBES





5 FAT





59) BMG e o crédito consignado





60) Buratti





61) José Mentor e o abafa da CPI do Banestado





62) Acordo com o Maluf





63) Dinheiro do BNDES para O Globo





64) Reforma do apê do Gilberto Gil





65) Fundos exclusivos





66) Plataformas, gás natural da Petrobrás





67) Jacó Bittar





6 Marcos Valério, Banco Rural, valerioduto, embaixador em Portugal





69) Aloisio Mecadante e o caixa 2





70) Olívio Dutra e o Bingo/Bicho no RS





71) Blindagem





72) Professor Luizinho e o Cohiba nas festas do Gran Bittar





73) Madeireiras do Pará, corrupção no IBMA e a Senadora Ana Júlia





74) Greenhalg, caso celso Daniel, caso Lubeca, indenizações milionárias





75) Hugo Werle e a madeira do MT





76) Roberto Marques, amigo do Zé Dirceu





77) Silvinho e o Land Rover





7 Genoíno





79) Najun Turner





80) Caso dos vampiros da saúde (Humberto Costa)





81) outdoors da Ideli Salvatti em SC





82) Henrique Pizzolato





83) Luiz Gonzaga da Silva (Gegê), acusado de homicídio





84) Ivan Guimarães e o Banco Popular





85) Estrela vermelha nos jardins do Alvorada





86) Morte por fome dos indiozinhos de Dourados (MS)





87) Festa com dinheiro público para comemorar a expulsão da Heloisa Helena





8 Compra do apê da ex-esposa do Dirceu





89) Intervenção ilegal na Saúde do RJ





90) Os 300.000 dos advogados do Delúbio e os honorários do Aristides Junqueira





91) Medalha Rio Branco para o Severino





92) Suspensão dos benefícios dos velhinhos acima de 80 pelo Berzoini





93) Dinheiro para a transoceânica no Peru e corte de verbas do Rodoanel de SP





94) Superfaturamento de contratos de patrocínio do esporte pelo BB





95) Caixa 2 de Tocantins e Márcia Barbosa





96) Uso indevido da CIDE dos combustíveis





97) Compra de votos no 1o turno da eleição para presidente do PT





98)Propina de Taiwan para a campanha do Lula





99) Compra do PL e José Alencar por 10 milhões no quarto ao lado do Lula.





100) Jóias presenteadas da D. Mariza Letícia

101) Violação de conta bancária do caseiro que desmentiu Antonio Palocci

102) Demissão de Antonio Palocci como Min da Fazenda por repetidas mentiras