domingo, 20 de abril de 2014

COMO FICA NOSSA SOBERANIA ??
TODOS OS PARLAMENTARES SABEM DISTO!!
"Um Brasil menor e mais pobre"
A perda de territórios no Brasil tem prazo assegurado internacionalmente!
Governo brasileiro tem prazo até 24 de julho para revogar a independência política e territorial que aceitou conceder às nações indígenas
LULA VENDEU 40% DO BRASIL !!!!!!!!!!!!!!!!
TODA ESTA CPI DA PETROBRÁS É PARA DESVIAR O FOCO!!!!
O Brasileiro, por desconhecimento ou desinformação estão perdendo controle sobre a Amazônia e suas riquezas!
Não deixe de ver este vídeo até o fim !!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
https://www.youtube.com/watch?v=XM5ckvj9hm4

sábado, 19 de abril de 2014

O projeto Excelências

O projeto Excelências traz informações sobre todos os parlamentares em exercício em cada momento na Câmara dos Deputados e no Senado Federal. Os dados são recolhidos das próprias Casas legislativas, dos Tribunais de Justiça, dos Tribunais de Contas, de cadastros mantidos por ministérios e de outras fontes públicas. Informações eleitorais (financiamento, votações etc.) são extraídas do projeto , mantido pela Transparência Brasil.

O projeto disponibiliza espaço para que os políticos retratados apresentem argumentos referentes a informações divulgados no projeto. Para providenciar o registro de um comentário, solicita-se que o político entre em contacto, por escrito, com a Transparência Brasil.

http://www.excelencias.org.br/index.php

Em qual você vota??????

VOTE EM MILITAR..TRANSFIRA SEU TITULO ELEITORAL

MARCHA DA FAMÍLIA COM DEUS!!!!!!!!

MARCHA DA FAMÍLIA COM DEUS!!!!!!!!



 
Alô meus amigos
​(as)​
.
 

Dizem que o povo está se mobilizando através da Internet no sentido de fazer uma Marcha da Família com Deus para mudar o status quo dessa matilha que está no Poder. Tenho minhas duvidas, entretanto, tudo pode acontecer. 
​Abrs,  
I A G​

 
Nenhum governante fala em: 
 
 
1.Reduzir as mordomias (gabinetes, secretárias, adjuntos, assessores, suportes burocráticos respectivos, carros, motoristas, 14º e 15º salários etc.) dos poderes da República;

2.Redução do número de deputados da Câmara Federal, e seus gabinetes, profissionalizando-os como nos países sérios. Acabar com as mordomias na Câmara, Senado e Ministérios, como almoços opíparos, com digestivos e outras libações, tudo à custa do povo;

3.Acabar com centenas de Institutos Públicos e Fundações Públicas que não servem para nada e, têm funcionários e administradores com 2º e 3º emprego;

4.Acabar com as empresas Municipais, com Administradores a auferir milhares de reais/mês e que não servem para nada, antes, acumulam funções nos municípios, para aumentarem o bolo salarial respectivo;

5.Acabar com as Câmara Estaduais, que só servem aos seus membros e aos seus familiares;

6.Redução drástica da quantidade de vereadores, acabar com os salários de vereadores, diminuir os gastos das Câmaras Municipais e das Assembléias Estaduais;

7.Acabar com o Financiamento aos partidos, que devem viver da quotização dos seus associados e da imaginação que aos outros exigem, para conseguirem verbas para as suas atividades; Aliás, 5 partidos apenas, seria mais que suficiente;

8.Acabar com a distribuição de carros a Presidentes, Assessores, etc..., das Câmaras, Juntas, etc..., que se deslocam em digressões particulares pelo País;

9.Acabar com os motoristas particulares 24 h/dia, com o agravamento das horas extraordinárias,.para servir suas excelências, filhos e famílias e até, as ex-famílias;

10. Acabar com a renovação sistemática de frotas de carros do Estado;

11. Colocar chapas de identificação em todos os carros do Estado. Não permitir de modo algum que carros oficiais façam serviço particular tal como levar e trazer familiares e filhos, às escolas, ir ao mercado a compras, etc...;

12. Acabar com o vaivém semanal dos deputados e respectivas estadias em hotéis de cinco estrelas pagos pelos contribuintes;

13. Controlar o pessoal da Função Pública (todos os funcionários pagos por nós que nunca estão no local de trabalho). HÁ QUADROS (diretores gerais e outros) QUE, EM VEZ DE ESTAREM NO SERVIÇO PÚBLICO, PASSAM O TEMPO NOS SEUS ESCRITÓRIOS DE CONSULTORIAS A CUIDAR DOS SEUS INTERESSES;

14. Acabar com as administrações numerosíssimas de hospitais públicos que servem para garantir aos apadrinhados do poder - há hospitais de cidades com mais administradores que pessoal médico. Às oligarquias locais do partido no poder;

15. Acabar com os milhares de pareceres jurídicos, caríssimos, pagos sempre aos mesmos escritórios que têm canais de comunicação fáceis com o governo, no âmbito de um tráfico de influências que há que criminalizar, autuar, julgar e condenar;

16. Acabar com as várias aposentadorias por pessoa, de entre o pessoal do Estado e entidades privadas, que passaram fugazmente pelo Legislativo;

17. Pedir o pagamento da devolução dos milhões dos empréstimos compulsórios confiscados dos contribuintes, e pagamento imediato dos precatórios judiciais;

18. Criminalizar, imediatamente, o enriquecimento ilícito, perseguindo, confiscando e punindo os ladrões que fizeram fortunas e adquiriram patrimônios de forma indevida e à custa do contribuinte, manipulando e aumentando preços de empreitadas públicas, desviando dinheiros segundo esquemas pretensamente "legais", sem controle, e vivendo à tripa forra à custa dos dinheiros que deveriam servir para o progresso do país e para a assistência aos que efetivamente dela precisam;

19. Não deixar um único malfeitor de colarinho branco impune, fazendo com que paguem efetivamente pelos seus crimes, adaptando o nosso sistema de justiça a padrões civilizados, onde as escutas valem e os crimes não prescrevem com leis à pressa, feitas à medida;

20. Impedir os que foram ministros de virem a ser gestores de empresas que tenham beneficiado de fundos públicos ou de adjudicações decididas pelos ditos;

21. Fazer um levantamento geral e minucioso de todos os que ocuparam cargos políticos, central e local, de forma a saber qual o seu patrimônio antes e depois;

22. Pôr os Bancos pagando impostos equivalente aos juros que cobram e, atendendo a todos nos horários do comércio e da indústria;

23. Fazer Auditoria URGENTE e proibir repasses de verbas para todas e quaisquer ONGs. Devem ser mantidas por entidades privadas e não pelos governos;

24. Fazer uma devassa nas contas do MST e similares, bem como no PT e demais partidos políticos, CUT e UNE;

25. Rever imediatamente a situação dos Aposentados Federais, Estaduais e Municipais, que precisam muito mais que estes que vivem às custas dos brasileiros trabalhadores e, dos Próprios Aposentados;

26. Rever as indenizações milionárias pagas indevidamente aos "perseguidos políticos" (guerrilheiros);

27 .Auditoria sobre o perdão de dívidas que o Brasil concedeu a outros países;

28. Acabar com as mordomias (que são abusivas) da aposentadoria do Presidente da Republica, após um mandato, nós temos que trabalhar 35 anos e não temos direito a carro, combustível, segurança, etc...

29. Acabar com o direito do prisioneiro receber mais do que o salário mínimo por filho menor, e, se ele morrer, ainda fica esse beneficio para a família. O prisioneiro deve trabalhar para receber algum benefício, e deveria indenizar a família que ele prejudicou;

30. Suspender por 40 anos os Direitos Políticos de todos os PETISTAS salafrários que atentam contra a dignidade dos brasileiros e mamam desesperadamente nas tetas dos governos federal, estaduais e municipais;

31. Suspender os planos de saúde vitalícios e caríssimos dos parlamentares, que podem ser atendidos até no exterior, determinando que os mesmos façam uso do SUS - Sistema Único de Saúde ou paguem planos de saúde particulares com seu próprio salários como todo assalariado brasileiro faz;

32. Tornar obrigatório o uso das escolas públicas por todos os filhos de parlamentares durante seus mandatos, até para que sirvam de parâmetro;

33. Proibir que qualquer político durante o mandato, faça parte de qualquer cargo ou função em estatais, autarquias e de economia mista, inclusive em qualquer tipo de conselho ou vínculo;

34. Extinguir os recessos parlamentares, sob qualquer pretexto, limitando as férias como a de qualquer trabalhador brasileiro de apenas um mês;

35. E… (qualquer outra sugestão levantada e devidamente avaliada por uma comissão de brasileiros com a devida idoneidade)

Já que esses nossos políticos e governantes não querem fazer reformas de fato, não querem passar o Brasil a limpo, cabe a nós, povo esclarecido, fazer isto através da mobilização em massa e ir para as ruas (sem vandalismo, sem black blocs, que são contra o capitalismo, manifestar a nossa insatisfação).

 
Vamos juntos, vamos mostrar que no Brasil o povo esclarecido pode realmente mudar o rumo da história, já que pelas urnas vai ser difícil, por motivos óbvios.
 
Encaminhe este email para todos os seus contatos até cair no computador dos políticos que você votou nas últimas eleições.

​" BRASIL ACIMA DE TUDO"​

quarta-feira, 16 de abril de 2014

CONSULTA PÚBLICA SOBRE FUTURO DA INTERNET VAI ATÉ QUINTA-FEIRA

CONSULTA PÚBLICA SOBRE FUTURO DA INTERNET VAI ATÉ QUINTA-FEIRA

April 14, 2014 · by Nicolau · in Notícias · Leave a comment
Até quinta-feira, 17 de abril, ficará aberta a Consulta Pública sobre a Internet que queremos, que irá influenciar as discussões e decisões tomadas sobre a governança da Internet no NETmundial, que acontecerá nos dias 23 e 24 de abril. O evento reunirá grandes nomes nacionais e internacionais de pelo menos 79 países para discutir e repensar o futuro da governança da internet no mundo.

Para contribuir com a consulta, que é feita através do site do Participe.br, é possível enviar propostas ou votar em ideias já sugeridas em relação às perguntas “Que Internet você quer?”, “Quais direitos você considera fundamentais para garantir o futuro democrático da Internet?” e “Quais princípios devem orientar a governança da Internet?”.

As propostas serão compartilhadas na Arena NETmundial, espaço do evento destinado à sociedade civil – organizada ou não – e enviadas em tempo real para o palco principal através do HUB. Ao final será produzida uma Carta Proposta reunindo as colaborações da consulta pública.

Na matéria e nos links abaixo, mais informações sobre o evento:

Consulta Pública sobre futuro da Internet vai até quinta-feira

de Participa.br

Até a manhã desta segunda-feira, mais de 80 mil votos já foram computados na Consulta Públicasobre a Internet que queremos, realizada na plataforma Participa.br para alimentar o debate da #ArenaNETmundial. A Consulta fica aberta até quinta-feira, 17 de abril, e é uma maneira efetiva de influenciar, por meio do voto, as decisões que serão tomadas sobre a governança da Internet, num momento em que o tema ocupa uma posição central no debate mundial entre governos, técnicos e sociedade civil.

Construída com a metodologia pairwise voting, o participante se defronta com duas alternativas para eleger sua preferida. O número de vezes que determinada alternativa foi preferida é computado, mas também as vezes que foi preterida. Com isso, se tem um retrato dinâmico daquilo que mais inspira e o que menos atrai os internautas brasileiros.

print_consulta_02

Por exemplo, na pergunta “Que Internet você quer?”, a ideia “Quero internet com transparência total e controle público coletivo” foi preferida em 659 e preterida em 880 oportunidades. Não quer dizer que tenha sido rejeitada por esses 880, apenas eles se sentiram mais próximos de outra ideia que se apresentou a eles no momento do voto. Com base nisso, um algoritmo calcula quais são as ideias mais bem colocadas, considerando e corrigindo o fato de que algumas delas, por terem sido propostas há mais tempo, terão sido mais expostas que outras. Gera-se a terceira coluna dos resultados, que é o “score”.

As próprias propostas foram introduzidas na enquete pelos internautas, que podem continuar a sugerir novas ideias, novos caminhos para cada uma das três perguntas que estruturam a Consulta: “Que Internet você quer?”, “Quais direitos você considera fundamentais para garantir o futuro democrático da Internet?” e “Quais princípios devem orientar a governança da Internet?”.

Os autores das 15 propostas que receberem mais votos serão convidados a participar do HUB e debater suas ideias com especialistas internacionais, nos dias 23 e 24 de abril. O conjunto das propostas e votos será compartilhado e alimentará as discussões da #ArenaNETmundial. Ao final, será elaborada uma Carta Proposta reunindo o conjunto de ideias surgidas durante esse processo, que será enviada aos organizadores do NETmundial.

Não deixe de votar. Venha contribuir na consolidação de uma rede cada vez mais democrática e livre!

Outros links:

NETmundial: construindo uma nova era de governança mundial da internet

Conheça os debatedores presentes no evento

 http://observatoriosc.wordpress.com/2014/04/14/consulta-publica-sobre-futuro-da-internet-vai-ate-quinta-feira/

segunda-feira, 14 de abril de 2014

A atual situação salarial dos militares federais

Synésio Scofano Fernandes

1.CONSIDERANDO OS DEZ ÚLTIMOS ANOS , A SITUAÇÃO SALARIAL DOS MILITARES FEDERAIS NUNCA FOI TÃO DEGRADANTE.
Em 2004, os militares percebiam uma remuneração bruta mensal per capita equivalente a 110% daquela da Administração Direta – categoria mais mal remunerada em todo serviço público federal – em dezembro de 2013 essa percentagem era de 65,91% ( página 38 do Boletim Estatístico de Pessoal nº 212 – Dez 2013 – do MPOG) e continua declinante.
No que diz respeito a outros segmentos do servidor público federal , esse número chega a alcançar o índice de 27% ,isto é , o salário médio do militar corresponde a menos de 30% aos relativos a esses outros segmentos .
2. Em 2003 , as despesas com o pagamento do pessoal militar das Forças Armadas equivaliam a 1,18% do PIB, em 2013 esse percentual passou para 0,89 % do PIB ; enquanto que para todas as categorias do servidor público esse número permaneceu , no período , estável ou foi ascendente.
3.A participação da despesa com o pagamento de pessoal militar federal na Despesa Primária da União era , em 2003 , de 7,91% , agora é de menos de 5,53%(Séries Históricas da Execução Orçamentária do MD) .
4.A remuneração líquida de cerca de 55% dos Terceiros Sargentos da ativa ,no Exército, é menor que R$ 1.950,00 ( dados de agosto de 2013) ,44% dos capitães da ativa , no Exército) percebe menos que R$4.980,00 líquidos (dados de agosto de 2013) .
5. Um Segundo Tenente percebe menos que um Agente Penitenciário Federal de Segunda Classe .
6.A remuneração bruta mensal de um General de Exército é menor do que a de um Perito Criminal Federal e a de um General de Divisão menor do que a de um Analista Técnico de Seguros Privados.
7.Não é verdade que o recente aumento - Lei nº 12.778 /12- dispensou ,aos militares federais , um tratamento privilegiado .O exame dos anexos a essa lei indicam que inúmeras carreiras obtiveram acréscimos remuneratórios muito superiores aos concedidos aos militares.
8. É uma falácia invocar o vulto da despesa com o pagamento dos militares federais como fator impeditivo de conceder o índice exigido para superar a iniqüidade salarial a que estão submetidos os militares , quando se sabe que as despesas com o pagamento de pessoal referentes a outras funções do Estado – Segurança Pública – Educação – Saúde etc- são muito superiores à da Defesa Nacional , quando se sabe que os recursos humanos necessários ao exercício dessa função estão , todos eles, alocados em um único Ministério.
9. Autoridades responsáveis pelo assunto voltam a ensaiar um discurso ultrapassado e vencido pelas inúmeras tratativas desenvolvidas durante os trabalhos da Reforma da Previdência Social de 1998/2003 , em diferentes escalões técnicos e políticos , que garantiram aos militares federais os institutos da paridade e da integralidade.Essas garantias não foram feitas sem o exame preliminar das incompatibilidades entre as características da atividades do militar e os princípios organizatórios do Sistema Próprio de Previdência Social , instituído pela referida Reforma de 1998/2003 . Essas garantias não foram estabelecidas sem antes , pela MP n° 2215/2001 , os militares perderem inúmeros benefícios que tinham sido concedidos como reconhecimento das peculiaridades de suas atividades profissionais . Esses benefícios foram tomados aos militares federais em nome da manutenção dos princípios da integralidade e da paridade .
10.A insinuação de que o gasto com pessoal é um problema que “ a médio ou a longo prazo , terá de ser visto , inclusive o pessoal inativo” se contrapõe a compromissos firmados e indica o tipo de preocupação em jogo , que não aponta para a superação do estado degradante , sob o ponto de vista remuneratório , a que estão submetidos os militares federais , e está a exigir um aumento de 51% nos valores dos soldos a ser concedido em um exercício financeiro .
Esse acréscimo irá permitir que os militares federais passem a ter um salário médio igual a categoria com a menor remuneração em todo o serviço público federal .
11. A remuneração é um dos fatores motivacionais externos mais importantes para o exercício de qualquer profissão. Pesquisas indicam que esse fator é apenas superado pela percepção do profissional sobre a “satisfação da família”.
Ao contrário , no nível inferior do “continuum” desses fatores ( dez ao todo) , o último lugar refere-se à percepção da sociedade a respeito da profissão e ,em penúltimo lugar, o aparelhamento (recursos técnicos e equipamentos) à disposição do profissional para o exercício das suas atividades .
Dentro dessa perspectiva, não se sustenta a afirmação de que a remuneração pode ser compensada pela disponibilidade de materiais e instrumentos exigidos para o exercício de determinada atividade.
FAMIL DF/montedo.com

MUDE SEU DOMICILIO ELEITORAL VAMOS GANHAR NAS URNAS